Image Map
Image Map
Image Map

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

CRB recorre e agora aguarda efeito suspensivo do STJD para liberar Bocão

O departamento jurídico do CRB não perdeu tempo e já apresentou um recurso no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pedindo um efeito suspensivo para a condenação do lateral-direito Bocão. Segundo o advogado Osvaldo Sestário, representante do Galo, a solicitação foi apresentada assim que o STJD abriu na manhã desta quarta-feira.
Osvaldo Sestário, advogado (Foto: Daniela Lameira/Site STJD)Sestário disse que pedido foi apresentado assim que o STJD abriu nesta quarta-feira (Foto: Daniela Lameira/Site STJD)
Ainda de acordo com Sestário, o prazo para análise do pedido é de três dias. Até lá, o Regatas fica no aguardo da resposta do auditor que vai analisar o caso. Expulso diante do Criciúma, pela 23ª rodada da Série B, o jogador regatiano foi julgado pela Segunda Comissão Disciplinar do Tribunal na terça-feira e pegou um ganho de quatro jogos (veja o lance da expulsão no vídeo abaixo).
Como já cumpriu a suspensão automática, Bocão terá que ficar fora das partidas diante de Bahia (no Rei Pelé), Bragantino (longe da torcida) e Atlético-GO (em casa). Caso o efeito seja concedido, o jogador recupera o direito de atuar e fica aguardando o julgamento pelo Pleno do STJD. 









Caso o Tribunal não conceda o efeito suspensivo, o técnico Mazola Júnior vai precisar improvisar algum atleta na lateral direita do time. O outro lateral-direito de ofício [Marcos Martins] está suspenso pelo terceiro cartão amarelo e também desfalca o Galo no confronto direto diante do Bahia, no próximo sábado, às 16h20, no Estádio Rei Pelé.
NM com Denison Roma

Nenhum comentário:

Postar um comentário