Image Map
Image Map
Image Map

quarta-feira, 29 de junho de 2016

Yane Marques será a porta-bandeira do Brasil na abertura da Olimpíada

Yane será a segunda mulher a carregar a bandeira do Brasil na abertura das Olimpíadas / Foto: JC Imagem
Yane será a segunda mulher a carregar a bandeira do Brasil na abertura das Olimpíadas
Foto: JC Imagem
JC Online

Medalhista de bronze nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, a pernambucana Yane Marques já conquistou a primeira vitória na edição do evento do Rio-2016. Na noite deste domingo, ela venceu a votação popular e será a porta-bandeira do Brasil na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos, na próxima sexta-feira. A pentatleta ganhou a preferência do público na disputa que também contava com o velejador Robert Scheidt e o jogador de vôlei Serginho. O anúncio foi divulgado ao vivo durante o programa Fantástico, da TV Globo.

"Foram duas surpresas. Primeiro a indicação, depois o resultado. Eu não esperava por concorrer com duas feras de quem sou fã e admiro demais, mas estou transbordando aqui alegria", declarou a atleta do pentlato moderno, logo após o resultado da votação ser anunciado. Feliz com a novidade, Yane revelou que ainda não sabe qual será sua programação a partir de agora. "Foi tudo muito depressa. Não sabia de nada até pouco tempo atrás. Estou muito contente e quero aproveitar cada segundo", falou.
Natural de Afogados da Ingazeira, Yane ganhou notoriedade no pentatlo moderno em 2007, quando faturou o ouro nos Jogos Pan-Americaos do Rio de Janeiro. De lá para cá, ela alavancou o esporte, até então pouco conhecido no País, e faturou mais títulos na carreira. No Pan de Guadalajara, em 2011, ela levou a prata e, na edição de Toronto-2015, ela voltou a subir no lugar mais alto do pódio do continental.
Atualmente, a pernambucana figura na 12ª colocação do ranking internacional da modalidade. O cenário internacional, inclusive, sempre foi uma constante em sua carreira. Em 2011, ela foi vice-campeã mundial e, no ano passado, ela conquistou o terceiro lugar da competição. Na ocasião, ela garantiu a vaga para os Jogos do Rio-2016.
Os feitos históricos não param por aí. Yane será a primeira mulher a levar a bandeira do Brasil na edição dos Jogos Olímpicos de verão desde Sandra Pires, campeã olímpica do vôlei de praia em 1996 em Atlanta e que foi a representante na abertura da Olimpíada de Sydney, em 2000.

NM com JC 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA