Image Map
Image Map
Image Map

sábado, 20 de agosto de 2016

Powell entrega: Bolt só treinou uma vez com equipe do 4x100 da Jamaica

Asafa Powell "entregou" os companheiros da Jamaica, medalhistas na noite desta sexta-feira no revezamento 4x100 metros rasos dos Jogos Olímpicos, revelando quantas vezes ele e os companheiros, incluindo Usain Bolt, treinaram juntos para buscar a medalha de ouro.
"Eu acho que Usain fez uma sessão, e eu acho que nós todos fizemos duas. Aí chegamos no Brasil e fizemos mais alguns treinos. Talvez uns dois", disse o veterano velocista, arrancando risos de jornalistas e outros atletas que compuseram o pódio, em entrevista coletiva.
Jamaica venceu a final do 4x100mAdriano Vizoni / Folhapress / NOPP
Powell e Bolt, sentados lado a lado, ainda riram e fizeram um gesto como se sentissem vergonha, quando os atletas do Japão, que ficaram com a prata, contaram que a preparação da equipe de revezamento durou seis meses. Em seguida, os canadenses, medalhistas de bronze, contaram que iniciaram o trabalho em abril.
Quando os jamaicanos foram questionados o motivo de os Estados Unidos estarem indo mal nas provas de velocidade, inclusive com desclassificação hoje no 4x100, o nove vezes medalhista de ouro nos Jogos Olímpicos repetiu, em inglês, cantando:
"Pressão, pressão". Powell completou, garantindo que os atletas dos Estados Unidos estão mais preocupados com superar a Jamaica do que em fazer boas provas. Na entrevista coletiva, Bolt admitiu que o fim da carreira deverá acontecer sem participação em qualquer outra competição depois dos Jogos do Rio.
O homem mais rápido do mundo, surpreendeu ao admitir que a presença em alto nível no evento era algo que ele exigia de si próprio, e que não pensar nos Jogos de Tóquio é uma boa notícia para ele. "Eu tenho me sentido aliviado, porque sempre entro com pressão de conquistar medalhas. É um grande evento, e eu nunca quis perdê-lo, mas acho que meu dever está cumprido", avaliou o jamaicano, que também venceu no Estádio Olímpico Nilton Santos, o Engenhão, os 100 e os 200 metros rasos.
Sobre o futuro, além de ser recebido com festa na Jamaica, junto com os demais companheiros do 4x100, Bolt garantiu que ainda fará planos, mas antes, tirará um período de descanso. "Eu realizei tudo o que podia no atletismo, então eu preciso estabelecer uma nova lista de metas, mas acho que vou sair um pouquinho de férias", disse.
Sobre a possibilidade da perda do ouro obtido em 2008, no revezamento 4x100, devido à reanálise de exame antidoping de Nesta Carter, o 'Raio' disse não ter qualquer preocupação quando a imagem que tem. "Nada vai manchar meu legado. Eu já provei várias vezes que sou limpo, e esse é meu legado. Eu não tenho nada a ver com o que aconteceu com Carter", concluiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA