Image Map
Image Map
Image Map

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Maratona aquática sofre reviravolta e brasileira fica com a medalha de bronze

Quando tudo parecia estar perdido, uma reviravolta na maratona aquática mudou tudo para o Brasil. Poliana Okimoto, que havia terminado a prova na quarta colocação, herdou a medalha de bronze. A mudança ocorreu porque a francesa Aurelie Muller, que havia sido a terceira colocada, foi desclassificada por se apoiar em uma adversária na reta final. Com isso, a brasileira subiu ao pódio, tendo completado a prova em 1h56min51s4.

Ernesto Carriço / O DIA / NOPPPoliana conquistou medalha de bronze

"Não estou nem acreditando. Treinamos tanto, esperamos tanto... aí na hora não acreditamos, demoramos para a ficha cair. Eu merecia essa medalha, eu construí ela. Quero só agradecer a todos que me deram apoio, sem eles não seria possível. Em Londres foi uma experiência difícil, e agora tentei deixar isso de lado, porque tinha a chance de a água estar fria", comemorou a brasileira.
Já Ana Marcela ficou apenas na 10ª posição, com 1h57min29s. O restante do pódio foi composto pela holandesa Sharon Van Rouwendaal sobrou na prova e ficou com o ouro, com tempo de 1h56min32s1. A prata ficou com a italiana Rcahele Bruni.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA