Image Map
Image Map
Image Map

segunda-feira, 11 de julho de 2016

Por motivo de segurança, bloqueios nas vias podem ser maiores nos Jogos

O prefeito Eduardo Paes disse nesta sexta-feira que durante a Olimpíada poderá haver mais bloqueios de vias na cidade dos que os já programados por conta de algum pedido especial da área de segurança. Ele participou nesta sexta-feira de uma reunião sobre a operação da cidade do Rio durante a competição, no Comitê Rio 2016.

- Nos Jogos haverá contingências por causa dos eventos de rua e pelas segurança. Se as áreas de segurança demandarem uma área de bloqueio maior nós faremos - disse o prefeito.  
Paes reunião operacional Nuzman (Foto: J.P. Engelbrecht)Leonardo Picciani, Paes, Nuzman e general Fernando na reunião operacional do Rio 2016 (Foto: J.P. Engelbrecht)


A reunião contou com a presença de representantes de órgãos federais, estaduais e municipais ligados ao transporte e à segurança. Sobre este último assunto Paes não quis entrar em detalhes. Pediu para que a questão fosse tratada por algum representante que participou da reunião, mas isso não aconteceu. Dela participaram o comandante do Comando Militar do Leste, general Fernando Azevedo, o diretor da Abin, Wilson Trezza e o secretário de segurança de grandes eventos, Andrei Rodrigues, dentre outros.  

Paes negou que o encontro desta sexta tenha sido agendada após o atentado de Nice, na França, na véspera, quando mais de 80 pessoas foram mortas e cerca de 200 pessoas ficaram feridas após serem atropeladas por um caminhão. Mais cedo, o ministro da Defesa, Raul Jungman disse à rádio CBN que a segurança da Olimpíada será revisada após o ocorrido na França. Na tarde desta sexta uma reunião que teve a presença do presidente interino Michel Temer tratou do assunto. Porém, até o momento não há mais notícias sobre este encontro. 
No próximo domingo está programada uma simulação da operação de segurança para a cerimônia de abertura do dia 5 de agosto. Cerca de 200 agentes vão participar da ação, que vai ocupar ruas da Barra da Tijuca e Zona Sul, além do Maracanã, simulando o transporte de atletas, voluntários e autoridades até o estádio. Mais de 700 veículos, entre vans, ônibus, carros, motos e helicópteros serão utilizados. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA