Image Map
Image Map
Image Map
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui

quarta-feira, 6 de julho de 2016

No retorno ao CSA, Didira adianta qual é o objetivo: "Acesso à Série C"

Anunciado oficialmente como jogador do CSA no início da tarde desta quarta-feira, Didira concedeu uma breve coletiva na sala de imprensa do CT Gustavo Paiva. Desta vez, as dependências do centro de treinamento não ficaram apertadas, como foi no dia 9 de dezembro, data da sua primeira apresentação no clube. Apenas os profissionais da imprensa acompanharam o retorno do meio-campista. Nas respostas, o jogador deu a entender estar feliz com a volta ao Azulão e, entre os objetivos, está o acesso à Série C. 
- Vou procurar honrar o CSA como sempre fiz. Com garra e vontade para que as coisas possam acontecer dentro de campo e, aí sim, conseguir o objetivo que é o acesso à Série C.

Antes de acertar o retorno com o CSA, Didira teve uma passagem relâmpago pelo ABC. Atuou em um jogo e depois decidiu deixar a equipe potiguar. Segundo ele, o condicionamento físico não será problema, pois tem mantido a forma com a ajuda de um preparador físico particular. 
- Estava treinando, estou bem e tranquilo para que eu possa fazer um bom trabalho. No momento que o Oliveira (Canindé) precisar de mim, eu vou estar à disposição. Não fiquei muito tempo parado, estava treinando com um preparador físico. Isso é importante para que eu possa render para a equipe como foi no Alagoano. Espero dar essa continuidade - expôs.
Didira CSA (Foto: Augusto Oliveira / GloboEsporte.com)Segundo o jogador, o condicionamento físico não será problema (Foto: Augusto Oliveira / GloboEsporte.com)

O CSA e Didira, neste momento, precisam esperar a rescisão do jogador junto ao ex-clube. Assim, o departamento de futebol poderá iniciar os tramites burocráticos para regularizá-lo para as próximas rodadas da Série D. 
- Estou mais tranquilo, estou feliz. Importante é agradecer a Deus e ao CSA, novamente, por ter aberto as portas para que eu possa entrar e fazer o meu melhor para ajudar o clube- finalizou.
NM com Augusto Oliveira e Jota Rufino

Nenhum comentário:

Postar um comentário