Image Map
Image Map
Image Map

segunda-feira, 4 de julho de 2016

Murici vence o Sergipe em casa e segue na vice-liderança do Grupo A9

O Murici fez o dever de casa neste domingo. Num jogo marcado por muita reclamação e quatro expulsões, o Alviverde venceu o Sergipe por 2 a 1, no Estádio José Gomes da Costa. Os gols foram marcados por Cláudio e Tarcísio para os alagoanos e Diego Neves diminuiu para o clube sergipano. 
Murici x Sergipe, no José Gomes da Costa (Foto: Jaílson Colácio/Assessoria do Murici)Murici venceu o Sergipe por 2 a 1, no José Gomes da Costa (Foto: Jaílson Colácio/Assessoria do Murici)
Os ânimos estiveram exaltados dentro de campo. Árbitro do confronto, o pernambucano José Woshington da Silva não escapou das reclamações, principalmente dos jogadores do Sergipe. Para controlar a situação, o juiz distribuiu cartões, inclusive os vermelhos. Do lado do Sergipe, André Ribeiro, Gil Baiano e até o preparador de goleiros Sandro Carioca foram para o vestiário mais cedo. Os donos da casa tiveram Rodrigão expulso no fim da partida. 
Com a vitória o Murici chega aos sete pontos e se mantém na segunda posição do Grupo A9. Por vez, o Sergipe permanece com três pontos e segue na última colocação. O próximo compromisso do Alviverde será diante do Flu de Feira no domingo, às 16h, novamente no Estádio José Gomes da Costa. Antes, no sábado, o Gipão recebe o Campinense, às 20h, no Batistão, em Aracajú. As partidas são válidas pela quinta rodada da competição nacional.
Murici x Sergipe, no José Gomes da Costa (Foto: Jaílson Colácio/Assessoria do Murici)Partida foi marcada por expulsões (Foto: Jaílson Colácio/Assessoria do Murici)
O jogo
O início do confronto foi equilibrado. Precisando do resultado, as equipes se lançavam ao ataque e alternavam com a bola nos pés. Mas aos 19 minutos do primeiro tempo, em uma boa cobrança de falta, Paulo Sérgio mandou na área, a bola pingou no meio da zaga sergipana e Cláudio abriu o placar à favor do Murici. A partir daí, os donos da casa tomaram conta da partida e os jogadores do Gipão perderam a cabeça. Após reclamar com as medidas da arbitragem, o zagueiro André Ribeiro foi expulso, começando uma confusão que acarretou, também, na expulsão do preparador de goleiros do clube sergipano Sandro Carioca. Com um a mais em campo, o Alviverde se preocupou em manter a bola e, aos 42, Tarcísio aproveitou uma falha da zaga adversário para ampliar o marcador. 
O Murici teve logo no início da segunda etapa a chance de ampliar de pênalti, mas o goleiro Giovani defendeu a cobrança de Johnnattan. Foi o que o Sergipe precisava para reagir na partida. Apesar de ter um homem a menos, os visitantes partiram para o ataque e, aos 12 minutos, após escanteio Diego Neves cabeceou sem chances para o goleiro Gil. O jogo se manteve frio até os 40, os jogadores, de ambos os times, esquentaram a cabeça. Primeiro, Gil Baiano, do Gipão, foi expulso por falta dura. Aos 44, foi a vez de Rodrigão, da equipe alagoana, ir mais cedo para os vestiários.
NM com Globoesporte.com/al

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA