Image Map
Image Map
Image Map

sábado, 2 de julho de 2016

Murer supera recorde de 6 anos e vai mais forte ao Rio: ''Estava empacada''

A marca de 4,85m acompanhou Fabiana Murer por seis anos. Desde 2010, essa era a altura do melhor salto de sua carreira e não foi superada nem mesmo nas conquistas do título de campeã mundial em 2011 e do vice-campeonato mundial de 2015. Às vésperas dos Jogos Olímpicos do Rio 2016 e do fim de sua carreira, a brasileira conseguiu superar a altura justamente no momento em que a aumentar a confiança é fundamental. Os 4,87m ultrapassados na decisão do Troféu Brasil, no domingo, em São Bernardo do Campo, a colocaram no topo do ranking mundial do salto com vara, prova que pode ser uma das mais fortes do calendário olímpico no estádio do Engenhão, no mês que vem.
- Estava empacada nos 4,85m e já tinha feito três vezes essa marca. E saiu no Troféu Brasil, que é uma competição que eu gosto. Saio daqui muito contente e confiante para as próximas competições que eu tenho, que são em Mônaco e Londres, e para a Olimpíada, que é a principal disputa do ano. Me dá uma confiança muito grande para a Olimpíada - disse Fabiana, que fez seu melhor salto aos 35 anos de idade.
Fabiana Murer leva ouro, com recorde e liderança do ranking no Salto com Vara no Troféu Brasil de Atletismo (Foto: Agência Luz/BM&FBOVESPA)Fabiana Murer vibra após fazer o melhor salto da sua carreira, no Troféu Brasil (Foto: Agência Luz/BM&FBOVESPA)
Após o salto de Fabiana, a segunda melhor marca deste ano em pista aberta, validada, é da grega Ekaterini Stefanidi, com 4,86m. Atual campeã mundial, Yarisley Silva tem 4,84, enquanto a americana Sandi Morris tem 4,83. No entanto, no Campeonato Russo, que não é homologado,Isinbayeva alcançou 4,90m após três anos afastada para ser mãe. O cenário forte de sua prova foi um dos incentivos para a brasileira tentar chegar ao topo. 
Tabela - Ranking mundial do salto com vara em 2016 (Foto: Fonte: Iaaf)
- É muito difícil se manter em alto nível com boas marcas. Consigo isso há dez anos, me manter entre as melhores do mundo. Não sou muito forte e nem muito veloz, estou, inclusive, mais lenta do que era antes. Mas tenho uma boa técnica e uma boa coordenação. E acho que essa vontade de querer saltar e ultrapassar meus limites faz com que eu me mantenha entre as melhores do mundo.
Técnico e marido de Fabiana Murer, Elson Miranda ressaltou que marcas boas ainda podem surgir até a Rio 2016, lembrando da seletiva americana de atletismo deste fim de semana. Diante desse cenário competitivo, aponta o resultado deste domingo como fonte de motivação.
- Ela está motivada e querendo se colocar em uma posição importante em nível mundial por causa da Olimpíada. Fazia tempo tempo que ela não chegava perto dessa marca. Ela acaba se colocando dentre as melhores do mundo, fazendo história em relação às marcas - diz Elson. 
Fabiana Murer Troféu Brasil de Atletismo (Foto: Wagner Carmo CBAt)Murer executa salto mais alto de sul-americana na história (Foto: Wagner Carmo/CBAt)
Após passar com 4,87m na final do Troféu Brasil, Fabiana tentou ir ainda mais alto. A atleta colocou o sarrafo a 5,00m, mas não conseguiu nas três tentativas. Entretanto, ela vibrou com o fato de ter se sentido à vontade e confiante para passar por essa barreira. Promete, inclusive, repetir. 
- Queria tentar os 5,00m para começar a achar esse caminho. Nunca havia tentado em competição, apenas em treinos, e queria testar para ter uma noção de como é ir além de cinco metros. Agora é tentar mais para frente.
Após sua última competição nacional, Fabiana embarca para a Europa, onde disputará duas etapas da Diamond League. Por lá, terá a oportunidade de enfrentar e ver de perto o nível de suas principais rivais no Rio. Aos 35 anos, ela já anunciou que se despede ao fim da temporada.
- Estou há muitos anos no circuito e as meninas já me conhecem. Elas sabem que sou competitiva. Em junho, não fiz boas competições, mas agora eu consegui saltar mais alto. Não consegui saltar 5,00m agora, mas quem sabe venha na melhor hora, no Rio, para eu ganhar medalha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA