Image Map
Image Map
Image Map
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui

sábado, 30 de julho de 2016

ASA sai perdendo, reage, mas fica só no empate por 2x2 com o Remo

ASA e Remo travaram um duelo de tempos distintos, na noite deste sábado, no Coaracy da Mata Fonseca
FOTO: ASCOM DO ASA




























Após perder por 2x0 no 1º tempo, o ASA reagiu no 2º, mas ficou no empate de 2x2 atuando esta noite no Estádio Coaracy da Mata Fonseca. Com isso, não ultrapassou o Remo na tábua de classificação e consequentemente não conseguiu retornar ao G4 do grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro. Mais que isso, ao fim desta rodada (11ª) o Fantasma de Alagoas, que no momento é quinto colocado, pode perder ao menos uma posição na sua luta por uma vaga à próxima fase da competição.

Por ora, o ASA é quinto colocado, com 16 pontos. E o Remo é quarto, com 17.  A vitória parcial do Remo foi construída pelo lateral Wellington Saci e armador Yuri. Já o artilheiro da partida foi o atacante Reinaldo Alagoano, ao marcar os dois gols do ASA.

Ao não manter um bom retrospecto em casa, o ASA vai agora para duas partidas fora. A primeira é no domingo, 7 de agosto, contra o Salgueiro; e a segunda é no domingo, 14 de agosto, frente ao River. Já o próximo compromisso do Remo é contra o River, em casa, no sábado, 6 de agosto.

Como foi

Duas falhas custaram caro para o ASA no 1º tempo, que até começou bem, procurando a meta adversária. O Remo, mais retraído, buscava vacilo do adversário para surpreender. E ele aconteceu aos 15 minutos, quando o lateral-esquerdo Igor tentou trocar passe com o volante Max Carrasco dentro de sua área e disso o também lateral Wellington Saci tirou proveito para abrir o marcador.

O ASA não se intimidou, foi pra cima e chegou a criar boa oportunidade com o volante Ramalho, que invadiu a área do Remo aos 30 minutos, mas cruzar visando companheiro de atraque o zagueiro Henrique apareceu e tocou para escanteio.

Cinco minutos após houve outra falha do Fantasma que o Remo não perdoou ao puxar contra-ataque que terminou na conclusão do armador Yuri após bela jogada individual do atacante Edno.

Mas a partida começou a tomar novo rumo aos 42 minutos da etapa inicial face a expulsão do armador Yuri. Este jogador, primeiro a ser advertido com cartão aos 11 minutos de partida, voltou a ser amarelado ao impedir faltosamente o avanço do atacante Rafael. Como consequência do segundo amarelo, foi expulso.

Com um a mais, e a troca do volante Ramalho pelo meia-atacante Jean Carlos no intervalo, o ASA adiantou suas linhas na etapa complementar. E deu certo porque foi tentar evitar o pior e conseguiu.

Aos 17 minutos, ao tirar proveito de rebatida do goleiro Fernando Henrique, Reinaldo Alagoano diminuiu. E aos 21 o mesmo atacante alvinegro deu cifras finais ao placar ao concluir de forma precisa, já na pequena área adversária, passe recebido do meia João Paulo.

O treinador Paulo Foiani, que procurou sempre manter seu time ofensivo principalmente depois que ficou com um a mais em campo, quase viu o ASA virar aos 31 minutos em conclusão do atacante Klenisson, que substituiu o perseguido em campo Rafael. Klenisson fez tudo certo na sua finalização e a bola só não entrou porque resvalou em Wellington Saci e tomou rumo diferente ao sair pela linha de fundo, em escanteio para o Fantasma.

Foi o último bom momento do jogo, que terminou com o lateral Igor dando susto. Após os 40 o atleta do ASA desabou em campo. Pensava-se que fosse um problema sério porque alegava dificuldade para respirar. Mas depois de ser atendido fora de campo constatou-se que seu problema é no braço direito.

NM com Gazetaweb.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário