Image Map
Image Map
Image Map
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui

domingo, 26 de junho de 2016

Nicácio marca aos 47 do 2º tempo e CSA vence Central-PE de virada: 2x1

Não foi fácil. O CSA dominou as ações do jogo da tarde deste domingo, no Estádio Rei Pelé, mas custou a marcar e quase pagou caro por isso. Diante do Central-PE, pela terceira rodada da Série D do Brasileiro, o time do Mutange voltou a campo para tentar a segunda vitória em casa e, com ela, assumir a liderança do grupo A6. O Azulão largou em desvantagem, com a Patativa abrindo o marcador, mas o time do técnico Oliveira Canindé manteve o ritmo para alcançar a virada por 2x1 no final, com direito a gol de Marcelo Nicácio aos 47 minutos.


Com este resultado, o CSA foi a seis pontos e ultrapassou o Central pelo saldo de gols (6x1). Agora, o Azulão já começa a se preparar para novo desafio contra o mesmo time pernambucano, domingo que vem, desta vez no Lacerdão, em Caruaru, em duelo de seis pontos na capital do forró.


E ainda pela terceira rodada, o lanterna Guarani ficou no empate em 2x2 com o Parnahyba-PI, em Juazeiro-CE, e somou seu primeiro ponto na competição. O resultado também ajudou o CSA, que abriu dois pontos de vantagem sobre o terceiro colocado, o time piauiense. 

CSA cria, mas não marca

O jogo teve início com o time da casa a pressionar, mas a primeira grande chance foi criada pelo Central, que, logo aos dois minutos, quase abriu o marcador. O zagueiro Leandro Souza falhou e o atacante Abuda cabeceou encobrindo o goleiro Jeferson, mas o lateral Rafinha, na cobertura, fez o corte em cima da linha para salvar o CSA.

O Azulão - que começou com Rayro no lugar de Jeferson Maranhense, lesionado - respondeu dois minutos depois, quando o meia Bismarck dominou pela direita e chutou forte da entrada da área. O goleiro Murilo saltou no canto esquerdo e espalmou para escanteio. O lance levantou o torcedor azulino, que viu o CSA desperdiçar nova oportunidade aos 14, com Jonatas Obina.

Goleiro Murilo foi um dos destaques, mas não evitou derrota do Central
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS

























O atacante azulino foi lançado em profundidade, após assistência de Jean Cléber, e tocou na saída do goleiro Murilo, com a bola raspando o travessão. O time do Mutange seguiu em cima, mas o Central se postava bem, apesar de não levar perigo à meta do goleiro Jeferson, dificultando as ações do adversário.

Na primeira etapa, o CSA ainda teve mais três chances de abrir o marcador no Rei Pelé. Numa delas, aos 40 minutos, o volante Everton Heleno dominou pela esquerda e soltou uma bomba da entrada da área. O goleiro saltou no canto direito e deu rebote nos pés de Obina, que pegou a sobra e chutou prensado para nova defesa de Murilo.

Central abre o placar, mas Nicácio garante vitória azulina

Para o segundo tempo, o time de Oliveira Canindé retornou com Kattê no lugar do também meia-atacante Bismarck. Faltava um algo a mais, e o treinador azulino, ainda insatisfeito, fez nova substituição aos 13 minutos, trocando o meia Rayro pelo atacante Marcelo Nicácio, que seria decisivo.

Atacante Obina deu início à jogada do segundo gol do CSA
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS

























Já aos 19, o Azulão quase marcou em jogada pela direita. Kattê foi acionado nas costas da zaga e cruzou rasteiro na segunda trave. A bola passou por Nicácio, mas não por Obina. O atacante, de carrinho, chutou por cima, de frente para o gol.

Não demorou muito e Canindé, preocupado com o passar do tempo, mudou pela terceira e última vez, com Denilson saindo para a entrada de Kelvin, também lateral-direito. O CSA seguiu com dificuldade para abrir o marcador e acabou punido aos 30 minutos, quando Altemar cobrou falta e viu a bola desviar em Leandro Souza, traindo o goleiro Jeferson: 1x0.

Porém, a reação veio logo em seguida, dois minutos depois. Cleyton fez boa jogada pela direita e cruzou no segundo pau. Nicácio ajeitou para Kattê, que tocou rasteiro, no cantinho direito de Murilo, sem chance de defesa para o goleiro: 1x1.

O Central administrava o resultado, gastando o tempo do jogo, quando o CSA quase marcou mais um em cobrança de falta de Marcelo Nicácio, que chutou no canto esquerdo do goleiro e viu Murilo fazer mais uma importante defesa, salvando o Central. 

Jean Cléber disputa bola pelo alto: volante voltou a fazer boa partida
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS

























Porém, três minutos depois, o volante Douglas Carioca cometeu falta e recebeu o segundo cartão amarelo. E com um homem a mais, o CSA, já na base da vontade, chegou ao gol da virada nos acréscimos, aos 47, quando Obina arrancou pela esquerda e fez o cruzamento, vendo a bola desviar no zagueiro e Murilo soltar a redonda nos pés de Nicácio, que só teve o trabalho de estufar a rede: 2x1.

MURICI

Já o Murici, que está no grupo A9 da Série D, também esteve em campo na tarde deste domingo, pela terceira rodada da competição. E o time alviverde conseguiu um bom resultado jogando fora de casa, em Aracaju, onde por muito pouco não venceu o Sergipe. 

Isso porque o time de Murici chegou a virar o marcador para 3x2 no final, mas o Sergipe chegou ao empate com gol aos 48 minutos do segundo tempo. Diego Neves (duas vezes) e André marcaram para o time da casa, enquanto Leonardo, Rodrigão e Wellington balançaram a rede pelos visitantes.

Com o resultado, o Murici é vice-líder da chave, com quatro pontos, um a mais que o próprio Sergipe e três a menos que o líder Fluminense de Feira-BA. Agora, Murici e Sergipe voltam a se encontrar no próximo domingo, desta vez no José Gomes da Costa, em Murici, para o início da série dos jogos de volta.

NM com Gazetaweb.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário