Image Map
Image Map
Image Map

terça-feira, 14 de junho de 2016

Com atuação tranquila, CRB vence o Bragantino por 2 a 1, no Estádio Rei Pelé

A goleada sofrida diante do Bahia adiou mais uma vez a entrada do CRB no G4 do Campeonato Brasileiro da Série B. Os alagoanos têm perseguido o grupos dos melhores times da competição nacional. A missão do time nesta rodada passou a ser não deixar os líderes arrancarem na competição. O alvirrubro recebeu o Bragantino, no Estádio Rei Pelé, pela 9ª rodada da segunda divisão. Com uma atuação tranquila, o time da casa venceu o alvinegro por 2 a 0 e assumiu a 7ª posição na tabela com 15 pontos conquistados, um a menos que o Náutico, 4º colocado do torneio. Lúcio Maranhão e Adalberto marcaram os gols regatianos. Edson Sitta diminiu para o Massa Bruta.
Com Neto Baiano, Elton Lira e Juliano suspensos e Gérson Magrão, machucado, o técnico Mazola Júnior ainda fez mais 2 alterações no time titular que encarou o Bragantino na noite de hoje. Somente Adalbeto, Flávio Boaventura, Olívio, Diego e Matheus Galdezani continuaram na equipe.
Já o Bragantino veio a Maceió com a missão de não perder para o CRB. O time do interior paulista está em completa reconstrução após o fiasco no Campeonato Paulista da Série A2 deste ano, onde o time não conseguiu subir para a elite do estadual, a equipe de Bragança Paulista quer permanecer na Série B.
O jogo
Após dois jogos seguidos sem derrota, o Bragantino partiu pra cima do CRB no início do primeiro tempo da partida. Apesar da pequena pressão sobre o time alagoano, o Massa Bruta não assustou o Galo em nenhum momento.  Com a bola recuperada, o alvirrubro foi quem arriscou pela primeira vez. Aos 9 minutos, Matheus Galdezani chutou de fora da área e obrigou Felipe a fazer uma difícil defesa.
Dois minutos depois, o Galo abriu o placar. Luidy driblou três marcadores adversários e cruzou para a área. Bruno Nascimento cabeceou nas costas de Lúcio Maranhão e a bola entrou para o fundo do gol, abrindo o placar para o CRB. Após a indefinição sobre o autor do tento regatiano, o árbitro Wagner Magalhães (CBF/RJ) registrou o camisa 9 como o responsável pelo a abertura do placar da partida.
Lúcio Maranhão abre o placar para o Galo diante do Bragantino
FOTO: AÍLTON CRUZ / GAZETA DE ALAGOAS


















A partir daí, o Galo assumiu a postura de propôr o jogo e por diversas vezes, o goleiro Felipe salvou o Bragantino de sofrer uma goleada ainda no primeiro tempo de jogo. Aos 37 minutos, o time regatiano ampliou o placar. Diego cobrou falta e Adalberto cabeceou para o fundo do gol.
Adalberto ampliou o placar para o Galo, no Estádio Rei Pelé
FOTO: AÍLTON CRUZ / GAZETA DE ALAGOAS


















Com o placar a favor, o time regatiano somente administrou a partida. No segundo tempo, foi o Galo que continuou com a posse de bola, mesmo tendo o Bragantino mais incisivo dentro de campo.
Aos 25 minutos da etapa complementar, Diego arriscou de fora da área e a bola passou muito perto do gol. O Bragantino respondeu aos 26 com a cabeçada para fora de Eliandro, aproveitando falha do sistema defensivo do CRB.
Aos 46 minutos, Bruno Pacheco cruzou na área e Edson Sitta diminuiu o placar e deu números finais à partida. O Galo volta a campo no próximo sábado (18), no Estádio Serra Dourada, em Goiânia, para enfrentar o Atlético Goianiense, vice-líder da Série B.
NM com Fillipe Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA