Image Map
Image Map
Image Map

domingo, 29 de maio de 2016

Tocha Olímpica deve chegar a Maceió começo da noite. Acompanhem a programação.

A presença da Tocha Olímpica em Maceió marca um momento histórico e de caráter internacional. O símbolo vem da Grécia e será aceso na capital alagoana, com previsão para chegar às 17h53, na Praça Multieventos, na orla de Pajuçara. O revezamento abrange 22 km e 11 bairros da cidade, dentre eles, Jaraguá, onde será montada a Praça da Celebração. Ao todo, 110 atletas vão correr com a tocha pelas ruas da capital, representando os maceioenses. 

Segundo o secretário adjunto de Esportes, Daniel Mello, a expectativa é que 20 mil pessoas acompanhem a passagem da tocha na capital. Antes de chegar a Maceió, a chama passa pelos municípios de São Sebastião, Arapiraca e São Miguel dos Campos. Da capital, o símbolo segue para Murici e União dos Palmares, partindo para Garanhuns, em Pernambuco. 

Para Daniel, o revezamento é um momento único e tem um papel crucial de disseminação dos ideais olímpicos, com mensagens de paz, solidariedade e união. "Maceió está pronta para receber o maior símbolo olímpico e fazer parte desse momento tão importante", disse o gestor, citando que os recursos são provenientes do governo Federal com participação das prefeituras locais. 

No total, 110 pessoas terão o prazer de segurar a tocha e carregá-la por alguns instantes, atravessando as principais ruas dos bairros da Pajuçara, Ponta Verde, Jatiúca, Cruz das Almas, Serraria, Barro Duro, Murilópolis, Gruta, Farol, Centro e Jaraguá. 

A Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel) não divulgou o nome de todos os condutores da chama, mas citou Ana Milhazes, Antônio Carvalho, Antônio Moura, Daniela Redondo, Daniela Uchôa, Djalma Mello, Edilson Da Silva, Eidy de Lima, Eliani Gomes, Fábio Melo, Gabriel Dantas, Ives Uliana, Jessyca Bezerra, João de Araújo, Kelvyn Vital, Maria de Lima Oliveira, Moisés da Silva Félix, Paulo Magrini Barbosa, Raphaell da Silva, Ricardo dos Santos, Sâmara da Silva Santos, Márcia Almström, Rodrigo Oliveira, Alesson Soares, Carlos Wanderlan Soares, Guilherme José Júnior, Higor Vinícius, Rodrigues Spineli Silva, Joesile Cordeiro, José Thadeu, Luz Filho, Luciano Allan Agra Dos Santos, Lydianne Ludmille Carvalho do Nascimento Mendonça, Maria Nascimento, Matteus Freitas, Mery Vania Agostinho da Silva, Agostinho Paulo Navarro, Rafael dos Santos Nascimento, Rita de Cássia, Siriano Mascarenhas, Ronaldo Freitas, Wellington Júnior, Carlos Melo, Maurício Júnior, Paulo Oliveira, Cristina Muchiuti, Eduardo Tavares, Juan Pablo, Olivares Arbaiza e Iracema Vasconcelos. 

Alguns dos atletas que vão carregar a tocha pelas ruas da capital 
FOTO: ASCOM SEMEL

























Iracema, 84 anos, enfermeira aposentada, diz que está mais do que preparada, pois se exercita todos os dias na natação. Ela garante que tem uma saúde de ferro. "Será um dia lindo, vou representar minha cidade que tanto amo. Praticar esporte é minha vida, minha paixão", afirmou. 

Outro condutor, o cadeirante João Tenório de Araújo, 41 anos, disse que está "carregando" muita emoção e sonha com o dia 29, que será único em sua vida. "Tenho mais de 200 medalhas no atletismo, mas conduzir a tocha será minha medalha de ouro", disse ele, que é atleta de arremesso de peso, lançamento de disco e dardos. 

Programação cultural 

Durante a passagem da tocha por Maceió, a Fundação Municipal de Ação Cultural (FMAC) e da Semel promove, desde o dia 26, uma programação com 40 grupos de cultura popular e 26 bandas e grupos de artes cênicas e feira gastronômica para integrar a programação da Tocha Olímpica, na Praça Multieventos. No fim do percurso hoje, acontece o evento de celebração no estacionamento do Jaraguá através de uma estrutura montada pelo comitê olímpico com apresentação de artistas locais.

A partir das 15h, sobe ao palco a Banda de Pífanos Fulô da Chicaboa. Em seguida, Mundo Imaginário, Deslucro e Xique Baratinho. Já no estacionamento, na Praça da Celebração, segue o roteiro: 

16h - Maybe 2 Live
16:40h - Vitor Pirralho
17:20h - Júnior Almeida
19:30h - Wilma Araújo
20:10h - Eliezer Setton
20:50h - Wado
21:30h - Vibrações

Programação  gastronômica

O 1º Festival Sabores de Alagoas vai reunir 23 bares e restaurantes associados à Abrasel em barracas estruturadas para o evento. Os empresários irão vender, a um preço especial entre R$ 10 e R$ 15, miniporções de pratos criados para o festival. Este ano a entidade comemora os 10 anos e homenageia os ingredientes alagoanos, como sururu, siri, carne de sol, queijo manteiga, coco, macaxeira, inhame e batata doce, representando genuinamente a culinária alagoana.

Além disso, a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes vai homenagear a tradição da culinária maceioense com o espaço "Gastronomia Popular por Nide Lins", representado por cinco estabelecimentos que já são considerados pela população local como patrimônios gastronômicos: Boteco do Tonho, Buchada do Galego, Cicinha da Tapioca Meu Xodó, Bar da Pata e Recanto da Macaxeira. Eles estarão servindo suas delícias em barraquinhas durante todos os dias do Sabores de Alagoas.

Órgãos envolvidos 

Os órgãos envolvidos na passagem da tocha são Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Juízado de Menores, Governo do Estado de Alagoas, Prefeitura de Maceió, Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, Fundação Municipal de Ação Cultural, Secretaria Municipal de Proteção ao Meio Ambiente, Superintendência de Limpeza Urbana de Maceió, Secretaria Municipal de Segurança Comunitária e Cidadania, Secretaria Municipal de Promoção do Turismo, Secretaria Municipal de Infraestrutura e Urbanização, Secretário Municipal de Comunicação Social, Secretário Municipal de Educação, Superintendência Municipal de Energia e Iluminação Pública, Secretária Municipal do Trabalho, Abastecimento e Economia Solidária, Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito.  

Trajeto da Chama Olímpica em Maceió
FOTO: DIVULGAÇÃO


























SMTT

Para garantir a segurança durante o percurso, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) auxiliará a fluidez do trajeto por meio da interdição de alguns pontos da cidade e das vias por onde a tocha olímpica passará.

Cerca de 200 agentes de trânsito e 36 viaturas estarão envolvidos em todo o esquema de organização da passagem da chama olímpica por Maceió. Ao todo, 150 pontos (cruzamentos, ruas e avenidas) serão interditados. A SMTT recomenda ainda que os condutores evitem transitar nas regiões por onde a tocha olímpica passará. 

Efetivo militar 

De acordo com o tenente-coronel Eduardo Lucena, coordenador de Planejamento da Polícia Militar (PM), cerca de 500 policiais vão atuar em todos os pontos de passagem da tocha, fazendo a segurança dos corredores e do público. No interior, militares de batalhões, companhias e grupamentos darão o reforço. Além disso, agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), da Polícia Civil (PC), homens do Exército e Guarda Municipal também farão a segurança. O helicóptero da PM também vai dar o reforço na operação. 

"A polícia já se divide desde a divisa de Alagoas com Sergipe, com quatro viaturas do Bope [Batalhão de Operações Policiais Especiais] e um helicóptero. Durante o percurso, reforçamos o policiamento até Maceió. Lembramos que a operação da chegada da tocha conta com o revezamento do efetivo por 24 horas, das 8h deste domingo às 8h desta segunda", explicou Lucena. 

NM com Gazetaweb.com

Tocha Olímpica foi acesa na Grécia, berço do movimento olímpico  
FOTO: YANNIS BEHRAKIS/REUTERS

Nenhum comentário:

Postar um comentário