Image Map
Image Map
Image Map

domingo, 22 de maio de 2016

Mazola é duro na avaliação da derrota do CRB para o Ceará: "Sem perdão"

A má atuação no segundo tempo, as chances desperdiçadas durante a partida e as falhas individuais na derrota por 3 a 0 diante do Ceará (veja os melhores momentos acima) irritaram o técnico Mazola Júnior. Na tarde deste sábado, o time do CRB teve duas posturas. No primeiro tempo, foi esmagador, achou brechas na defesa do Vozão e criou muitas oportunidades, mas na hora de concluir os jogadores regatianos pecaram e pararam no goleiro Éverson. Ao fim, já na coletiva de imprensa, o treinador disparou contra a apresentação dos atletas. Falou de falta de competência e expôs que precisará buscar jogadores no mercado para qualificar o elenco durante a Segundona. 
- Não fomos competentes. Perdemos muitos gols, de novo, é uma coisa que vem se repetindo, perdemos muitos e tomamos gols bizarros. (Tomamos) gols de time de Série D, não existe isso aí. Sem perdão. Foi assim contra o Vasco. Nós temos que fazer uma análise fria e profissional. Precisamos qualificar o nosso plantel, principalmente na linha média ofensiva, onde os jogadores são mais caros, não adianta vir jogador meia-boca. Esses caras são caros e está difícil de achar. Vamos ter que dar uma repensada - declara o técnico.
CRB x Ceará, no Estádio Rei Pelé - Mazola Júnior (Foto: Ailton Cruz / Gazeta de Alagoas)Mazola critica atuação do CRB neste sábado (Foto: Ailton Cruz / Gazeta de Alagoas)
As falhas individuais foram determinantes para a derrota do CRB. O placar elástico para o Ceará, construído no segundo tempo, mostra falta de atenção do sistema defensivo. Na frente, as chances criadas não foram bem aproveitadas e em um esporte de alto rendimento, os erros são imperdoáveis. Após o gol contra de Diego Jussani, o time desabou e não teve fôlego para reverter e nem para conter o avanço do rival. Mazola até tentou mudar, colocou Lúcio Maranhão, Rodolfo e Bruno Nascimento. Não surtiu efeito.  
- Pagamos pela incompetência que tivemos. Perdemos muitos gols, chances inacreditáveis, cara a cara, sete ou oito oportunidades e, após uma falha nossa, lá atrás, tomamos um gol ridículo e desequilibrou. O pessoal que entrou não foi bem, sentiu demais a responsabilidade de jogar em um time grande, time de pressão. Nos outros dois gols, novamente, aquela dispersão total que aconteceu e tomamos mais gols. Infelizmente penso que é a realidade do futebol e desse campeonato. Vamos esquecer Alagoano, vamos esquecer Copa do Brasil, porque esse campeonato é totalmente diferente. Encontramos um time que apostou tudo no acesso e com jogadores qualificados esse time não perdoa - reforça.
CRB x Ceará, no Estádio Rei Pelé (Foto: Ailton Cruz / Gazeta de Alagoas)CRB tenta, mas esbarra na boa atuação do goleiro Éverson (Foto: Ailton Cruz / Gazeta de Alagoas)

Segundo Mazola Júnior, as boas apresentações diante do Vasco, pela Copa do Brasil, não servem de parâmetro para a Série B. O treinador pede pés no chão e que a derrota deste sábado sirva de lição para entender o nível dos adversários. 
- Na realidade a gente não se deixou iludir pelas apresentações contra o Vasco, menos ainda com o Londrina, lá. Nós temos que botar os pés no chão porque agora é Série B, e o nível do campeonato é esse que vimos hoje. (O Ceará) é uma equipe que apostou tudo em subir de divisão, então é bom até para a gente ter um parâmetro e continuar com humildade, sem grandes sonhos - finaliza.
NM com Globoesporte.com/al

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA