Image Map
Image Map
Image Map
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui

segunda-feira, 30 de maio de 2016

Fora de casa, ASA domina o Remo e vence a primeira pela Série C do Brasileirão

O ASA enfrentou o Remo, na noite desta segunda-feira (30), pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro da Série C, no Estádio Mangueirão, na cidade de Belém. Após empatar o primeiro jogo contra o Confiança, no Municipal de Arapiraca, o time alagoano foi ao Pará para trazer um pontinho na bagagem e foi bem sucedido. A partida terminou com uma vitória alvinegra por 1 a 0. O gol foi marcado por Jefferson Baiano ainda no primeiro tempo. Com o resultado positivo, o Gigante chegou aos 4 pontos e está na 3ª posição do Grupo A. O time volta a campo no próximo domingo (5), em casa, contra o Salgueiro.
Mesmo perdendo pontos na estreia, o técnico Jaelson Marcelino elogiou a atuação do ASA na partida contra o Confiança, no último domingo (22). O time foi a Belém confiante num bom resultado. 
Já o Remo voltava à Série C do Brasileirão após 8 anos na quarta divisão do nacional. Com o Mangueirão lotado, o time do técnico Marcelo Veiga estava confiante numa vitória sobre o alvinegro, mas o nervosismo foi, juntamente com o ASA, o principal adversário do time da casa.
O jogo
Com uma postura surpreendente, o ASA não se intimidou com o Mangueirão lotado de torcedores do Remo. O time buscou a posse de bola desde o primeiro minuto de jogo. O Alvinegro impôs uma marcação sobre pressão que não deu nenhum espaço ao time paraense.
A blitz durou por grande parte da primeira etapa e logo aos 2 minutos, Diogo cobrou escanteio com muito efeito e Fernando Henrique fez uma linda defesa, evitando um gol olímpico do meia alvinegro.
Aos 13, Eduardo Ramos recebeu na entrada da área, arriscou de longe e a bola passou próximo ao gol do ASA. Aos 16, o Fantasma respondeu mais uma vez com Diogo. O meio-campista cruzou na área, a bola desviou no zagueiro Max e quase entrou no gol. Fernando Henrique se esticou e mandou para escanteio.
Aos 18 minutos, o ASA chegou ao gol. Em contra ataque, Igor cruzou na cabeça de Jefferson Baiano, que finalizou para o fundo das redes, abrindo o placar no Estádio Mangueirão.
Após o gol, o time do ASA continuou exercendo a sua forte marcação sob pressão. O time do Remo foi totalmente dominado pela entrega do time alvinegro e pouco chegou ao ataque durante o primeiro tempo.
Na segunda etapa, o time paraense buscou mais o gol de empate, mas o time não demonstrou nenhuma organização dentro de campo e a pressão do Remo sobre o ASA foi desorganizada e sem muitos sustos ao goleiro do alvinegro, Thiago Braga.
Os minutos foram passando e a torcida paraense começou a ser um adversário para o time. A cada jogada, meio-campista Allan Dias era o jogador mais vaiado e perseguido pelos torcedores remistas. O nervosismos tomou conta do Leão Azul.


Com o resultado nas mãos e sem sofrer grandes sustos, o time do ASA administrou bem a partida. Somente aos 37 minutos, o time do Remo chegou com perigo. Após escanteio cobrado por Eduardo Ramos, João Victor emendou uma bicicleta e a bola bateu no travessão. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário