Image Map
Image Map
Image Map

domingo, 8 de maio de 2016

CSA x CRB: técnicos seguram as escalações e podem blefar na decisão

Os treinadores prometem surpresas na decisão do Campeonato Alagoano. Fecharam os treinos e tentam despistar o adversário a todo custo. Na véspera da decisão do estadual, o CSA divulgou a relação para o clássico sem os volantes Panda e Jean Cléber. Pode ser blefe. O CRB também escondeu o jogo, mas a escalação não vai fugir muito do que Mazola Júnior trabalhou para o primeiro duelo da decisão. Neste domingo, a finalíssima começa às 16h, no Estádio Rei Pelé.
O Galo venceu na abertura do mata-mata por 2 a 0 e tem boa vantagem para administrar. Conquista o bicampeonato até perdendo por 1 a 0. Se o CSA devolver a derrota por 2 a 0, vai forçar a prorrogação. Em caso de empate no tempo extra, o título vai ser definido nos pênaltis. O Azulão conquista a taça no tempo normal se golear o rival por três ou mais gols de diferença.
Marcos Aurélio, meia-atacante do CRB (Foto: Jonathan Lins / G1)CRB venceu o primeiro jogo e tem vantagem na final do Alagoano (Foto: Jonathan Lins / G1)

Técnico do CSA, Oliveira Canindé trabalhou durante a semana com a possibilidade de Panda jogar na lateral esquerda, sendo o substituto de Rafinha (suspenso), e Jean Cléber no meio. Se ambos não atuarem, Bruno Santa Rosa e Escobar, respectivamente, devem ser substitutos. Bismarck também entraria na equipe para aumentar o poder de criação.
O CRB conta com o retorno do zagueiro Gabriel e do volante Matheus Galdezani, que cumpriram suspensão no último clássico, e do lateral-direito Marcos Martins, recuperado de lesão muscular. Dos três, Gabriel deve entrar no time e Marcos está bem cotado para ser titular. Galdezani briga por posição com Rivaldo, mas corre por fora.
O árbitro paraense Dewson Freitas (Fifa) vai comandar o clássico deste domingo, sendo auxiliado por Danilo Simon Manis (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP), ambos aspirantes Fifa. A TV Gazeta mostra o jogo para todo o estado, e o GloboEsporte.com/AL acompanha todos os detalhes, em Tempo Real, com vídeos. 
HEADER escalacoes 690 (Foto: Infoesporte)


CSA: Canindé tem uma base formada desde o início do Alagoano e não foge dela. A perda de Rafinha, líder das assistências, força o treinador a fazer uma mudança brusca no time. Bruno, se entrar, tem menos ritmo que os demais. Jogou apenas duas vezes no Alagoano, contra o Santa Rita. No ataque, a dupla Luís Soares e Rafael Oliveira vai ter que estar com a pontaria calibrada para marcar os gols que a equipe tanto precisa. A provável formação tem: Jefferson; Choco, Douglas, Leandro e Panda (Bruno Santa Rosa); Jean Cléber (Escobar), Didira, João Paulo e Cleyton (Bismarck); Luís Soares e Rafael Oliveira.
CRB: Mazola deve montar um time com mais pegada no meio-campo. Tende, inclusive, a repetir a formação com três volantes - Olívio, Somália e Rivaldo. A principal dúvida fica na armação. Ele pode colocar Bocão no meio, fazendo a dobra pela direita com Marcos Martins, e também pode escalar o experiente Marcos Aurélio no setor. O ataque deve ser formado por Luidy e Lúcio Maranhão, que tem oito gols e luta pela artilharia do campeonato. O provável time regatiano tem: Juliano; Marcos Martins, Jussani, Gabriel e Diego; Olívio, Somália, Rivaldo e Marcos Aurélio (Bocão); Luidy e Lúcio Maranhão.
NM com Globoesporte.com/al

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA