Image Map
Image Map
Image Map

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Brasil garante vaga no 4x100m medley feminino após fracasso de europeias

Mesmo sem entrar na água neste fim de semana, o revezamento 4x100m medley feminino do Brasil confirmou presença nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Em segundo no ranking mundial da repescagem, entre os times que não se classificaram diretamente pelo resultado obtido no Campeonato Mundial do ano passado, a seleção nacional tinha que torcer contra o desempenho das rivais no Campeonato Europeu, encerrado neste domingo. Nenhuma das equipes, República Tcheca, Bélgica, Islândia e Polônia eram as principais ameaças, conseguiu superar o tempo do time nacional.
Etiene Medeiros, Jhennifer Conceição, Daynara de Paula e Larissa Martins comemoram o bronze nos 4x100m medley (Foto: Erich Schlegel-USA TODAY Sports)Etiene, Jhennifer, Daynara e Larissa Martins comemoram o bronze no Pan (Foto: Erich Schlegel-USA TODAY Sports)
Com isso, é muito provável a entrada de dois nomes do país na equipe que vai para as Olimpíadas: Natalia de Luccas, especialista no nado costas, e Jhenifer Conceição, do peito. A Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA) confirmará a convocação ainda nesta semana. 
Para classificar um revezamento para os Jogos há duas possibilidades: ficar entre os 12 primeiros no Campeonato Mundial ou ter um dos quatro principais tempos do ranking mundial entre os times não qualificados. O Brasil, 14º no Mundial, garantiu a vaga com a marca feita nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá. Na ocasião, o time fez 4m02s57, e levou a medalha de bronze.
O ranking mundial será encerrado no dia 31 de maior mas, até lá, não há nenhuma competição oficial marcada. O revezamento 4x200m masculino passou, na última quarta-feira, pelo mesmo procedimento e comemorou a vaga após os times europeus não anotarem boas marcas.
Será a primeira vez na história que o Brasil vai levar os seis revezamentos para os Jogos Olímpicos. O 4x100m livre (masculino e feminino), 4x200m (feminino) e 4x100m medley (masculino) já haviam conquistado a vaga durante o Campeonato Mundial. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA