Image Map
Image Map
Image Map

sábado, 16 de abril de 2016

CSA vence o CRB de virada, conquista a liderança do Hexagonal e quebra tabu

CSA x CRB - Campeonato Alagoano - Hexagonal (Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas)
CSA x CRB - Campeonato Alagoano - Hexagonal (Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas)
CSA e CRB fizeram a partida mais importante da última rodada do Hexagonal do Campeonato Alagoano, na tarde deste sábado (16), no Estádio Rei Pelé. O duelo entre os gigantes de Alagoas decidiu a primeira colocação do grupo dos seis melhores times do estadual. A partida terminou com a vitória do Azulão, por 2 a 1. Além da liderança, o time do Mutange quebrou o tabu de 10 anos sem vencer o rival como mandante. Os gols do jogo foram todos marcados por jogadores azulinos. João Paulo Penha e Bismarck balançaram as redes a favor do time azulino. Já o Leandro Souza, contra, foi quem marcou para o Galo.
O duelo prometia muita emoção por ser o terceiro encontro entre os maiores rivais do futebol alagoano. Além disso, a liderança em jogo deu ainda mais emoção e disputa ao confronto.
Pressionados após as derrotas do fim de semana, Azulão e Galo precisavam vencer para terem mais tranquilidade para as partidas das semifinais. Para o CSA, também valia a chance de jogar para longe a desconfiança sobre o resultado negativo diante do Santa Rita. Já para o Galo, que tropeçou empatando contra o Leão da Mata e derrota diante do Murici, era a chance de dar alegrias ao torcedor regatiano.
O jogo
A partida começou tensa. Jogadores de ambas as equipes disputaram a bola com intensidade e nervosismo elevadas. Aos 6 minutos, Gabriel e Luís Soares se estranharam e o árbitro Francisco Carlos Nascimento já teve indícios de que o Clássico das Multidões seria duro de controlar.
O primeiro bom momento do jogo aconteceu aos 9 minutos da primeira etapa. David Denner arriscou de fora da área, o goleiro Juliano espalmou e o atacante azulino não conseguiu aproveitar o rebote para empurrar pro gol. Após o lance do CSA, o time do Mutange se animou e começou a impôr seu futebol sobre o Galo, que seguia marcando forte e buscando o contra-ataque.
O CRB só assustou a meta do goleiro azulino, Jefferson, com um chute de longe e de surpresa do meio-campista regatiano, Dakson. O jogador dominou na intermediária, avançou alguns metros e chutou forte e no canto do arqueiro do Azulão. A bola passou muito perto do gol e foi para fora.
Depois disso, o primeiro tempo ganhou muito em marcação e perdeu muito em técnica. As duas equipes foram para o vestiário empatadas após 46 minutos de bola rolando no primeiro tempo.
Na volta para a etapa complementar, mais marcação e faltas duras em ambos os lados. Mas, logo aos 6 minutos, Dakson cobrou falta na área e Leandro Souza acabou desviando para o próprio gol e a bola foi para o fundo do gol azulino, abrindo o placar para o CRB.
O Gol regatiano não significou muito no jogo, pois a equipe não conseguiu impor o seu futebol sobre o rival que aos 16 chegou ao empate. Didira avançou pela esquerda, passou para David Denner que tocou para João Paulo Penha. O jovem meio-campista invadiu a área e tocou no canto esquerdo de Juliano, deixando tudo igual no Rei Pelé.
A partida ganhou mais técnica, ao contrário da forte marcação que havia tomado conta até então. Aos 21 minutos, Dakson aproveitou rebote da zaga azulina e chutou de fora da área. A bola passou muito perto do canto direito de Jefferson. O Azulão respondeu com Rafael Oliveira, aos 29. O atacante recebeu de Bismarck e chutou na rede pelo lado de fora, arrancando o grito de gol da torcida azulina.
O CSA dominou o jogo a partir daí. Aos 35 minutos, Luis Soares matou no peito, driblou Diego Jussani e finalizou próximo ao gol de Juliano. Um minuto depois, João Paulo Penha recebeu livre de marcação e chutou na saída do goleiro regatiano, que defendeu com os pés. No rebote, o atacante azulino chutou para fora.
A virada aconteceu aos 42 minutos. Rafael Oliveira avançou pela direita, driblou dois adversários e tocou para Bismarck, que já dentro da área alvirrubra chutou no canto esquerdo de Juliano.
Semifinais
Com os resultados da última rodada, o CSA sagrou-se como líder do Hexagonal do Campeonato Alagoano. O CRB, com a derrota, acabou descendo uma posição e terminou em terceiro. O Coruripe, após empate contra o Santa Rita ficou em segundo. Murici completou o G4.
As semifinais do Campeonato Alagoano começa já na próxima quarta-feira (20). O CSA encara o Murici, no Estádio José Gomes da Costa. Já o CRB recebe o Coruripe, no Estádio Rei Pelé, em Maceió.
NM com Fillipe Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA