Image Map
Image Map
Image Map

sábado, 19 de março de 2016

Primeira fase do Alagoano termina com 62% das partidas dando prejuízo

Os públicos na primeira etapa do Campeonato Alagoano não foram dos melhores. Os borderôs divulgados no site da Federação Alagoana de Futebol mostram que 31 das 50 partidas, ou 62%, deram prejuízo aos clubes
A média de público pagante nas 50 partidas foi de 1.645 (82.289 no total), com a de torcedores presentes sendo um pouco maior: 2.122 (106.112 no total das 50 partidas). O total arrecado com as rendas em todas as partidas foi de R$ 1.523.787,50.
CSA x CRB, no Estádio Rei Pelé (Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas)Clássico com o mando Azulino teve o maior público do estadual (Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas)
Nove dos dez clubes tiveram prejuízo pelo menos uma vez. O único que se salvou foi o CSA. CSE e Sete tiveram prejuízo nas cinco partidas em casa. De acordo com os borderôs, Coruripe, Murici, Penedense, CSE, Ipanema, Santa Rita e Sete de Setembro deixaram de repassar parte ou não passaram nada da renda, o que acarretou em prejuízo.
Neste sábado, às 16h, o CRB pega o Coruripe, em Maceió. No mesmo dia, só que às 20h, o CSE encara o Ipanema na abertura do quadrangular da permanência. Penedense x Sete de Setembro será domingo, às 16h, também pelo quadrangular. ASA x Santa Rita e CSA x Murici serão às 16h, pela primeira rodada do hexagonal.
MAIORES X MENORES PÚBLICOS

As duas partidas entre CRB e CSA proporcionaram os maiores públicos da competição. No jogo com o mando do Azulão, 14.700 torcedores pagaram ingresso e 17.004 estiveram presentes no Rei Pelé. O que teve o mando do Galo registrou 13.230 pagantes e com o público total de 14.829.
Os dois menores públicos foram registrados em partidas do Penedense. Pela quinta rodada, contra o Murici, apenas 103 torcedores pagaram ingresso, e 123 estiveram presentes no Gerson Amaral. Na penúltima rodada, o Penedense foi derrotado para o Sete de Setembro por 3 a 1. O público pagante foi de 120, com o público total de 155.
MÉDIAS DE PÚBLICOS E RENDAS ARRECADAS

CSA: 
Média de pagantes: 7.111 (35.559 total)/ Média de presentes: 8.798 (43.991 total)/ Rendas: R$ 765.920,00
CRB: Média de pagantes: 4.820 (24.100 total)/ Média de presentes: 6.027 (30.139 total)/ Rendas: R$ 479.835,00
ASA: Média de pagantes: 1.214 (6.071 total)/ Média de presentes: 1.978 (9.894 total)/ Rendas: R$ 86.450,00
Coruripe: Média de pagantes: 547 (2.735 total)/ Média de presentes: 709 (3.547 total)/ Rendas: R$ 36.525,00
Ipanema: Média de pagantes: 586 (2.932 total)/ Média de presentes: 750 (3.753 total)/ Rendas: R$ 30.687,50
Santa Rita: Média de pagantes: 647 (3.236 total)/ Média de presentes: 946 (4.733 total)/ Rendas: R$ 28.165,00
Penedense: Média de pagantes: 535 (2.676 total)/ Média de presentes: 618 (3.090 total)/ Rendas: R$ 41.330,00
CSE: Média de pagantes: 425 (2.127 total)/ Média de presentes: 526 (2.631 total)/ Rendas: R$ 20.815,00
Murici: Média de pagantes: 374 (1.870 total)/ Média de presentes: 590 (2.951 total)/ Rendas: R$ 23.160,00
Sete de Setembro: Média de pagantes: 196 (983 total)/ Média de presentes: 276 (1.383 total)/ Rendas: R$ 10.900,00
NM com Augusto Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário