Image Map
Image Map
Image Map

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

TJD-AL exclui Murici do Alagoano, mas advogados ainda podem recorrer

O Pleno do Tribunal de Justiça Desportiva de Alagoas puniu o Murici nesta terça-feira à noite, por maioria de votos, com a exclusão do Campeonato Alagoano e o consequente rebaixamento. Em pauta no julgamento, realizado no auditório do Estádio Rei Pelé, a não inscrição do número mínimo de atletas (18) no prazo previsto pelo regulamento da competição. A Federação Alagoana de Futebol (FAF) chegou a retirar o clube do estadual, mas, sob liminar, ele atuou por três rodadas. O Mandado de Garantia do Murici foi julgado pelos auditores, e a decisão foi de 7 a 2 a favor da FAF.
Julgamento do Murici (Foto: Denison Roma/GloboEsporte.com)Julgamento do Murici, no auditório do Rei Pelé (Foto: Denison Roma/GloboEsporte.com)
Os advogados do Murici podem entrar com liminar para o time jogar até que o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) julgue e encerre o caso. Assim, a partida contra o CRB, marcada a princípio para esta quarta, está sub judice. 
A sessão começou com um pedido do Murici pelo adiamento do julgamento, sob a alegação de que o advogado que representa o clube estava doente. Por 6 votos a 3, o Pleno decidiu manter a sessão, uma vez que o representante, mesmo se estivesse presente, não mais poderia acrescentar nada ao processo.
Seguindo a sessão, cada um dos nove auditores do TJD/AL votou o pedido do Mandado de Garantia interposto pelo Murici e, por maioria, a solicitação foi negada.
NM com globoesporte.com/al

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA