Image Map
Image Map
Image Map

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

CRB marca aos 42 minutos do 2º tempo e bate CSE por 1x0

Uma vitória suada, mas merecida. O CRB não fez uma grande partida diante do CSE, na noite desta quarta-feira (10), no Estádio Rei Pelé, pela 5ª rodada do Campeonato Alagoano. O time do técnico Mazola Júnior voltou a cometer erros que quase lhe custaram caro, mas lutou até o fim, garantindo mais três pontos importantes na briga por classificação ao hexagonal. 

O gol saiu dos pés de Matheus Galdezani somente aos 42 minutos do segundo tempo, mas foi o suficiente para manter o Galo na liderança isolada do grupo B, agora, com 12 pontos.
Já o CSE, com mais uma derrota, segue sem vencer na competição. O Tricolor, que estreou o técnico Lorival Santos, permanece com apenas dois pontos, ainda amargando a lanterna do grupo A.
Após desvio, goleiro do CSE vê bola balançar a rede no único gol do jogo
FOTO: AILTON CRUZ/GA

Agora, o Galo dá uma pausa no Estadual e volta suas atenções para a estreia na Copa do Nordeste, sábado que vem, contra o Estanciano, no interior de Sergipe. Pelo Alagoano, o próximo desafio será apenas no dia 21, para o primeiro clássico da temporada contra o CSA.
Atacante Érico Júnior deu trabalho aos defensores do CSE
FOTO: AILTON CRUZ/GA

O CSE, por sua vez, vai tentar a reabilitação no mesmo dia, contra o lanterna do outro grupo, o Ipanema, no Juca Sampaio, em Palmeira dos Índios. Antes, porém, mais três jogos vão complementar a rodada neste domingo.
"Fizemos nossa melhor partida"
E ao término da partida no Trapichão, o treinador regatiano falou à imprensa sobre o que viu nesta quarta. Para Mazola, o grupo está de parabéns pelo resultado. Na entrevista coletiva, ele disse ter sido mal interpretado ao criticar parcela da torcida alvirrubra - que não tem comparecido em bom número aos jogos do Galo - e pediu ao mesmo torcedor que não se espelhe na campanha de seu maior rival, o CSA.
"Fizemos o melhor jogo no campeonato. Faltou um pouco mais de agressividade, mas, hoje, temos de parabenizar o grupo. Falta evoluir em todos os aspectos, mas merecemos o resultado. Vamos evoluir, mas fizemos um bom jogo na noite de hoje. Dominamos a partida e trabalhamos nas beiradas do campo, sem permitir o contra-ataque do adversário. O torcedor quer que o time ganhe de quatro, cinco gols, mas é preciso ter paciência", disse o treinador.
Ainda segundo Mazola, todos os jogadores do atual elenco precisam ganhar ritmo de jogo, já que o Galo terá verdadeira maratona de confrontos daqui para frente. "O Neto Baiano [o atacante foi titular nesta noite] está acima do peso, mas vem se esforçando bastante. Hoje não adotamos o rodízio, mas todos precisam de ritmo. Tudo tem sido minuciosamente estudado. Não adianta ficar se espelhando em nada no rival porque eles só têm o Alagoano para disputar. E o próximo jogo é muito mais importante, para o clube, do que o clássico [com o CSA]", emendou o técnico regatiano, após o jogo que levou 2.066 torcedores ao Rei Pelé.
NM com Gazetaweb.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA