Image Map
Image Map
Image Map

sábado, 16 de janeiro de 2016

Mazola diz que espera evolução do CRB no 2º amistoso: "Mais solto"

Técnico do CRB, Mazola Júnior encerrou nesta sexta, no Ninho do Galo, a preparação para o segundo amistoso contra o Itabaiana. O jogo está marcado para este sábado, às 16h, no Estádio Rei Pelé. Na coletiva, o treinador destacou o que ele espera de diferente na equipe para o último teste antes da estreia no Campeonato Alagoano. 
- Sinceramente, [espero] mais no aspecto físico, que a gente esteja mais fresco, mas solto, com as pernas mais soltas, não vai ter o desgaste da viagem. Vale salientar que na quarta-feira, dia do jogo, a equipe fez um trabalho aqui comigo e passou quatro horas viajando. Então amanhã, sem o problema da viagem, a gente espera que a equipe tenha uma desenvoltura melhor e suporte de 60 a 70 minutos pra que a gente já tenha um ritmo melhor do que foi lá na quarta-feira - afirmou.
Mazola Júnior, técnico do CRB (Foto: Denison Roma/Globoesporte.com)Mazola Júnior, técnico do CRB (Foto: Denison Roma/Globoesporte.com)
Mazola comentou também que vai colocar em campo a base do time que vai estrear no estadual contra o Murici, no dia 24, no Trapichão.
- Estamos com algumas situações aí pendentes, o Audálio está um pouco dolorido, foi o zagueiro que mais jogou lá em Itabaiana, então a gente vai dar uma segurada nele. Temos o problema do Rivaldo também, que não vai poder atuar antes do dia 27; então vamos tentar uma situação pra ver se funciona pra que daí sim possamos desenvolver durante a próxima semana o onze que vai atuar e a forma que vamos atuar diante do Murici. 
O treinador ainda fez uma avaliação da derrota para o Itabaiana, jogando no Estádio Presidente Médici, na última quarta-feira.
- Nós temos que evoluir também e quebrar alguns paradigmas. Eu soube da repercussão negativíssima que teve do resultado, só que algumas coisas têm que ser esclarecidas: Do ponto de vista técnico, qual foi o objetivo daquele trabalho diante do Itabaiana? É lógico que o resultado surpreendeu, principalmente na segunda parte, pela quantidade de gols que nós tomamos e pelas falhas individuais que nós tivemos. Mas foi um bom teste pra gente avaliar e fazer observações. Neste momento, o resultado é o que menos importa. O que mais importou foi a apresentação da equipe na primeira parte, foi o trabalho de logística, são várias situações mais importantes quando você pensa num jogo treino desse do que propriamente o resultado. Já vem aqueles pessimistas, aquelas nuvens negras dizerem perdeu pro Itabaiana e tal e tal. Não tem nada a ver isso aí. Faz parte, até pra dá uma baixada na bola, pra sentar a poeira, botar o pezinho no chão, pra gente ver que aqui não tem nenhum 'Dream Team'  - declarou o técnico, acrescentando que é preciso ter humildade.
- Vamos devagar, respeitar os adversários, vejo que tem três ou quatro equipes do campeonato estadual se montando bem, montando boas equipes. Eles não vão ter o desgaste que a gente tem. Então vamos pôr os pezinhos no chão, bem humildes e trabalhar bastante para conseguir os nossos objetivos. Eu fiquei muito mais satisfeito com o que eu vi na primeira parte, na viagem e em parte da segunda etapa do que fiquei preocupado com o resultado - garantiu.
NM com globoesporte.com/al

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA