Image Map
Image Map
Image Map

segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Gustavo Feijó nega que assumirá cargo de 'chefe' de Dunga na CBF

O ex-presidente da Federação Alagoana de Futebol (FAF) e atual vice-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Gustavo Feijó, negou a informação de que poderia assumir um cargo de "chefe" do técnico da Seleção Brasileira, Dunga, e classificou a especulação como "balela". 
De acordo com o Gustavo Feijó, tudo não passou de uma especulação após ele ter tido uma reunião com o técnico Dunga e com o coordenador da Seleção, Gilmar Rinaldi, na semana passada. Segundo ele, o encontro serviu para tratar com o treinador sobre a atual situação da equipe, o que seria algo comum.
"Eles, como subordinados, são obrigados a me darem explicações assim que forem solicitadas. Não tratamos nada além disso nessa reunião. É comum acontecerem essas reuniões, até porque o meu papel como o de todos aqui é o melhor para a Seleção Brasileira", disse.
Feijó ainda disse que o seu atual cargo já é, por si só, um cargo de chefia do técnico Dunga e que não é necessário criar um cargo para isto. Outro fato que Gustavo negou foi em relação ao salário. Ele disse que um "peão" nunca receberia mais que o "patrão", se referindo ao salário de R$ 50 mil que provavelmente receberia caso assumisse o novo cargo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA