Image Map
Image Map
Image Map

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Com time ideal na cabeça, Canindé cobra disciplina e garra do novo elenco

Após seis meses sem atividade, pode-se dizer que o CSA está pronto para começar a nova temporada de competições. Pelo menos é o que afirma o técnico do time azulino, Oliveira Canindé, que garante que o Azulão teria um time forte para disputar o Alagoano caso a competição começasse hoje. Só que o trabalho para formar o chamado 'time ideal' tem sido árduo, o treinador conta que a falta de calendário tem atrapalhado nas negociações. 
– Temos tido algumas dificuldades [para contratar mais jogadores], justamente por não termos calendário. Geralmente o cara quer saber quais competições disputaremos, por isso temos dificuldades. Mas posso dizer que estamos correndo atrás. Se tivéssemos que definir uma equipe hoje, teríamos um time competitivo e qualificado para começar hoje o campeonato. 
Apesar de ter o time quase definido, Canindé não esconde que ainda busca reforços. E são jogadores com características específicas, como por exemplo, um atacante de velocidade, que jogue pelos lados, e um meia canhoto.  
– Estamos tranquilos, temos um grupo muito bom. Já estamos praticamente definidos, mas ainda estamos correndo atrás de alguns reforços para termos ainda mais força e ainda mais qualidade. E sim, estamos buscando alguns jogadores pontuais que nós achamos que serão importantes. Temos qualidade nesses setores [ataque e meio-campo], mas buscamos algo mais específico. São jogadores bastante específicos, com características que nós procuramos – salientou. 
Figurante? Nem pensar!
Competitivo, o treinador azulino não esconde que o objetivo é colocar o Azulão na lista dos protagonistas no Estadual de 2016. Oliveira Canindé quer um grupo forte e capaz de brigar por títulos. E o comandante tem na ponta da língua o perfil de elenco que quer ao seu lado.
– O time do Canindé não pode deixar de ter aguerrimento, não pode deixar de ter disciplina tática, disposição e coragem para se impor. Tem que ter personalidade para jogar, tem que ser uma equipe que quer vencer e que saiba representar uma equipe tão grande como o CSA. Tem que ser um equipe responsável e com a consciência de que tem que ser competitiva – afirmou o treinador. 
NM com Augusto Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA