Image Map
Image Map
Image Map

sábado, 3 de outubro de 2015

Série C: fora de casa, ASA tenta construir vantagem contra o Tupi-MG

Neste sábado (3), o ASA começa a decidir o seu destino na Série C do Campeonato Brasileiro. Às 19h, o Fantasma vai encarar o Tupi-MG, pela primeira partida das quartas de final da competição. O jogo acontece no Estádio Municipal de Juiz De Fora, em Minas Gerais.

O ASA chega a esta fase após fazer uma bela campanha no grupo A da competição. A equipe acabou a primeira fase na vice-liderança da chave, com 35 pontos conquistados em 18 jogos. Mas, agora, chegou o momento decisivo da temporada, já que o time de Arapiraca está a apenas dois jogos do acesso à Série B em 2016. 

Agora, os critérios para a classificação são o número de pontos, saldo de gols e maior número de gols marcados fora de casa. Persistindo o empate, a vaga para a semifinal da Série C será decidida nas penalidades. 

Para o confronto decisivo, o treinador Vica tem um único desfalque para tentar a vantagem no duelo da volta. O volante Marcos Antônio, suspenso, não poderá atuar neste sábado. O restante da equipe deve ser a mesma que vem atuando nas últimas partidas, com Valdanes sendo deslocado para o meio de campo. Sendo assim, a tendência é que o ASA comece a partida com Pedro Henrique; Gabriel, Lucas Bahia, Leandro Souza e Fábio Alves; Jorginho, Max Carrasco, Didira e Valdanes; Uéderson e Alex Henrique. 

O adversário do ASA, por sua vez, também fez uma boa campanha na primeira fase, mas caiu de produção na reta final da primeira fase e acabou na terceira colocação do grupo B, com 30 pontos conquistados. A equipe quase conquistou o acesso em 2014, quando foi eliminada pelo Paysandu nesta mesma fase. Agora, porém, não quer deixar escapar a oportunidade de subir à Série B do Campeonato Brasileiro.

Para a partida, o treinador Leston Júnior faz mistério sobre a escalação, entendendo a importância do jogo para o time de Juiz de Fora. O comandante do Tupi conta com os retornos do volante Genalvo e do zagueiro Fabrício Soares, que cumpriram suspensão pelo terceiro cartão amarelo. Apesar do mistério, a tendência é que o Tupi mantenha a base da equipe que garantiu a classificação do Tupi, com Glaysson; Osmar, Sidimar, Fabrício Soares e Bruno Ré; Genalvo, Rafael Jataí, Vinícius Kiss e Marco Goiano; Felipe Augusto e Geraldo. 

Para apitar o jogo, a CBF designou um trio paulista. Comanda a partida o árbitro Thiago Duarte Peixoto. Seus auxiliares serão Vicente Romano Neto e Daniel paulo Ziolli.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA