Image Map
Image Map
Image Map

sábado, 3 de outubro de 2015

Em Maceió para o Sul-Americano, chilenos usam aplicativo de paquera

Maceió é, sem dúvida, um cartão-postal. A orla da capital alagoana é convidativa, o mar tem uma tonalidade ora azul, ora verde, mas sempre bonita. E os jogadores que estão na cidade disputando o Sul-Americano masculino de vôlei acharam tempo entre um jogo e outro para conhecer um pouco o lugar. Alguns atletas do Chile, contudo, conseguiram mais que um pequeno passeio na praia. Usando um aplicativo para paquera, os chilenos ainda arrumaram encontros durante a semana em que estão de passagem. Gianluca Borelli e Simón Guerra, de 19 anos, foram dois deles. No começo, eles relutaram um pouco em contar sobre as artimanhas usadas.
Chile, vôlei - Sul-Americano Maceió (Foto: Estéfane Padilha/ GloboEsporte.com)Jogadores dizem que usam o Tinder em todos os lugares (Foto: Estéfane Padilha/ GloboEsporte.com)

- Ah! Nós não temos Tinder. Não podemos dar declarações sobre isso (risos) - brincou Gianluca, assumindo depois:
- É bom para conhecer gente nova, porque não tem meninas usando onde eu moro. 
Giancarlo, vôlei Chile - Sul-Americano Maceió (Foto: Estéfane Padilha/ GloboEsporte.com)Giancarlo brinca que no Chile não usam o aplicativo (Foto: Estéfane Padilha/ GloboEsporte.com)
Sobre a cidade, o jogador disse que aprovou os passeios e a vista. E, claro, não deixou de falar nas garotas. 
- Nós saímos um pouco, a praia é muito bonita, o hotel é em frente à praia. É muito bonito mesmo. E as meninas também, são muito lindas! (risos).
Brincadeiras, descontração e paquera à parte, Simón Guerra disse que só usa o Tinder quando não está totalmente focado no jogo.
- Quando temos tempo livre, estamos relaxando e vamos olhar o aplicativo, aí vamos vendo e começamos a conversar com alguma menina, mas isso fica sempre por último, porque durante o campeonato nós estamos muito concentrados, para ir bem. Então, o match [quando os dois perfis se combinam no aplicativo] fica só para o tempo livre. 
Simón, vôlei Chile - Sul-Americano Maceió (Foto: Estéfane Padilha/ GloboEsporte.com)Simón diz que aproveitou os jogos do Sul-Americano e sai satisfeito com a atuação do Chile (Foto: Estéfane Padilha/ GloboEsporte.com)
Na quinta-feira, após o jogo contra o Brasil, no qual o Chile perdeu por 3 sets a 1 (parciais de 25/23, 18/25, 14/25, e 23/25), o atleta tinha um encontro marcado, mas antes o pensamento era apenas a partida. O primeiro set foi dominado pelos visitantes, e o jovem disse que saiu satisfeito em quadra.
- Eu me senti muito bem na partida e fiquei feliz no final, porque nós fizemos um bom jogo e mostramos tudo o que tínhamos. 
O Chile ficou em terceiro lugar no Grupo A, atrás de Brasil e Venezuela. Neste sábado, o último compromisso do país é contra o Uruguai, pelo quinto lugar. A disputa será às 18h20, no Ginásio do Sesi. Depois, os jogadores estão liberados para o Tinder, mas sem que o técnico Daniel Nejamkin saiba.
- É segredo! Ele não pode saber (risos) - revelou Simón.
*Estéfane Padilha colaborou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA