Image Map
Image Map
Image Map

terça-feira, 29 de setembro de 2015

Novo executivo de futebol do CSA, Carlos Kila fala sobre planos para 2016

Anunciado recentemente pela direção do CSA como novo executivo de futebol, Carlos Kila falou sobre a sua participação nas contratações, opinou ainda sobre o técnico Oliveira Canindé,  e revelou ainda como surgiu o convite para trabalhar no Azulão.
Carlos Kila Náutico (Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press)Carlos Kila foi contatado por Feijó (Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press)
Kila contou que o primeiro contato foi feito pelo João Feijó, principal colaborador do futebol do clube.
- A minha relação com Feijó vem de muito tempo. Durante o tempo que passei no Sul, negociamos alguns jogadores do Corinthians-AL para o Grêmio, e isso fez com que nós criássemos uma relação muito boa. Quando ele soube que deixei o Náutico, passamos a conversar e depois foi com o Rafael Tenório, depois da nossa primeira conversa, resolvemos acertar tudo - disse.
Antes mesmo de contratar o executivo, a diretoria do CSA informou que tinha pré-contrato com mais de dez jogadores. Carlos diz que desde a primeira reunião vem indicando jogadores e conversando diariamente com o departamento de futebol.
- Assim que tive a primeira conversa com os diretores, venho ajudando, vendo quem pode reforçar o clube. Meu pensamento é que antes de montarmos um elenco temos que ter um treinador para depois saber como serão as características do elenco. Nós já temos treinador, agora é buscar os jogadores de acordo com a maneira de trabalhar do comandante técnico - declarou.
Carlos Kila Náutico (Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press)Carlos Kila, executivo de futebol do CSA (Foto: Aldo Carneiro / Pernambuco Press)









Sobre Oliveira Canindé, o novo executivo disse que não conhecia de perto o trabalho do técnico. Agora no Azulão, ele avaliou a parceria como positiva.
- Ele foi meu adversário algumas vezes, nunca tive a oportunidade de trabalhar ao lado dele, agora tenho essa chance e a expectativa é a melhor possível. Mantemos contato diariamente - afirmou.
Para quem não conhece sua forma de trabalhar, Kila diz que, para haver sucesso, é necessário um bom ambiente para trabalhar.
- Eu nunca passei por tudo na carreira, cada dia tem um aprendizado novo. Trabalho pela unidade, todas as pessoas são importantes. Se quisermos êxito, acredito que o ambiente de trabalho tem que ser bom. Estou muito feliz de ter a oportunidade de trabalhar no CSA - finalizou.
Carlos Kila chega em Maceió no dia 7 de outubro para acertar os detalhes da pré-temporada. A apresentação de Oliveira Canindé e do restante da comissão técnica será em novembro, assim como a pré-temporada.
* Augusto Oliveira colaborou

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA