Image Map
Image Map
Image Map

terça-feira, 8 de setembro de 2015

Cúpula do CSA viaja para negociar com novo técnico e observar atletas

O CSA segue com grande movimentação nos bastidores. Com a posse da nova diretoria, na última quinta-feira, resta apenas saber quais os nomes farão parte da comissão e do elenco do Azulão na próxima temporada. Ao lado do presidente Rafael Tenório, o conselheiro João Feijó viaja nesta quarta ao Recife para seguir buscando informações de atletas. Tenório vai se reunir com o treinador para acertar detalhes da contratação. Tudo indica que seja Oliveira Canindé.
Conselheiro João Feijó e presidente Rafael Tenório (Foto: Augusto Oliveira / GloboEsporte.com)João Feijó e Rafael Tenório viajam ao Recife na quarta-feira (Foto: Augusto Oliveira / GloboEsporte.com)
- Estarei indo para Recife com Rafael Tenório. Ele vai discutir a questão do treinador, eu vou observar alguns nomes em clubes como o Náutico e Sport, porque a gente precisa procurar em todos os mercados, tem sempre que estar viajando - informou Feijó à reportagem do GloboEsporte.com.

A montagem do elenco do Azulão passa diretamente pelas mãos de João Feijó. Na posse, ele ressaltou a responsabilidade de participar ativamente ao lado da diretoria. Recentemente, divulgou que sete atletas estão apalavrados com o clube azulino, os pré-contratos foram enviados e o conselheiro aguarda o retorno. Sem pressa, ele disse que só poderá divulgar os nomes após o fim de alguns campeonatos, mas destacou que dois jogadores serão aprovados pela torcida.

- Estou esperando os pré-contratos que enviei aos jogadores voltarem para a gente poder afirmar que estão fechados com o CSA. Dos sete jogadores que estão apalavrados, dois ou três estão em reta final de campeonato e podem ser os primeiros anunciados. Temos dois jogadores que com certeza vão agradar a todos, principalmente o torcedor. Mas a gente precisa de cautela, seria ruim anunciar um jogador que ainda tem contrato com o outro clube. Isso pode prejudicar - pontuou.

Além da espera pelo fim de algumas competições, Feijó lembrou a concorrência de clubes que participam de campeonatos com mais expressão do que o Alagoano.

- Apesar da força e grandeza do CSA, tem sido muito difícil (encontrar jogadores). Tem que ter muito poder de convencimento e um bom projeto. Os jogadores mais velhos querem dinheiro, os mais novos querem projeção. Nisso, temos que ter cuidado. Hoje não é fácil pelo fato de não ter um calendário e o jogador ter que esperar até o próximo ano para atuar, fora a concorrência de outras competições, como o Campeonato Paulista, Carioca. Mas é aquele velho ditado: "Quem não procura não acha, quem procura acha" - comentou.
Diretoria do CSA posa ao lado dos dirigentes flamenguistas (Foto: Divulgação/CSA)Gilmar Batista (primeiro à esquerda) tem ajudado a diretoria do CSA em busca de jogadores (Foto: Divulgação/CSA)


E para encontrar os jogadores com a cara do CSA, a diretoria do conta com Gilmar Batista. Parceiro de João Feijó, o ex-treinador serve como uma espécie de olheiro para o Azulão.

- O Gilmar está observando atletas que são nos indicados, principalmente no eixo Rio-São Paulo e em Goiás. Ele faz alguns relatórios e manda para a diretoria analisar. Essa semana ele tem viajado bastante. No sábado, ele foi assistir à partida entre Crac-GO e Botafogo-SP (Série D), no domingo foi ver Inter de Bebedouro e Noroeste (2ª divisão do Paulista). E ontem assistiu RB Brasil e Operário-PR (Série D). Os jogadores que agradam, ele procurar ter um contato, sobre se há interesse dele vestir a camisa do CSA. Se tiver, ele nos apresenta - ressaltou o conselheiro João Feijó.
*Jota Rufino colaborou

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA