Image Map
Image Map
Image Map

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

CRB marca no final e vence o América-MG por 1x0 no Rei Pelé

O CRB voltou a vencer na Série B do Campeonato Brasileiro. Após 4 partidas, o Galo bateu o América-MG por 1x0, com um gol do zagueiro Audálio aos 48 minutos do segundo tempo, explodindo o Rei Pelé. A partida encerrou uma série de 4 partidas sem que o Galo conseguisse os 3 pontos.

Com a vitória, o CRB chegou aos 33 pontos conquistados na competição e abriu 8 pontos da zona do rebaixamento, ficando um pouco mais confortável na luta contra a degola. Depois da partida, o meia Danilo Bueno, que entrou no segundo tempo, celebrou a conquista da vitória em casa:

- A gente foi lutando até o final, batalhamos e conseguimos fazer o gol no final. Eles jogaram com 3 zagueiros e dificulta as jogadas pelo meio. Quando começamos a jogar pela lateral, conseguimos criar mais e acabamos marcando o gol com justamente desta forma.



O lateral-direito Bocão, um dos melhores jogadores em campo e autor da jogada que resultou no gol de Bocão, também comemorou a vitória e a volta por cima na equipe Alvirrubra:

- Eu vou ajudar o grupo, independente de qualquer coisa. Fico feliz que a jogada do gol tenha sido por uma assistência minha. No começo do ano eu tive um momento ruim com uma contusão no púbis, muita gente duvidou de mim. Esse jogo de hoje foi a volta por cima.



Uma nota especial da partida ficou por conta de Audálio. O zagueiro marcou o primeiro gol dele com a camisa do CRB. E o gol veio justamente num momento importantíssimo para a equipe. Depois do jogo, o zagueiro ainda visivelmente emocionado, falou sobre a emoção de marcar pelo CRB:

- Não vou esquecer jamais. Passou um filme ali na hora. Criamos muito, acreditamos até o último minuto e a gente conseguiu marcar. Foram quase 3 anos buscando esse gol para essa torcida. Vamos deixar eles comemorando, porque é merecido, e amanhã já voltamos ao trabalho para a próxima partida.

Na coletiva após a partida, Mazola analisou a atuação do CRB e ressaltou a ótima atuação da equipe contra um time que busca o G4:

- Eu acho que a nossa vitória foi muito merecida. Fomos muito superiores que o América-MG, pois conseguimos encaixar o nosso estilo de jogo com o esquema de 3 zagueiros deles. Mesmo com um segundo tempo ruim, nós conseguimos marcar no final e coroar a nossa pressão. Nós insistimos pelas jogadas pelas laterais e acabamos sendo recompensados no final do jogo.

O CRB agora já pensa na próxima rodada, quando a equipe tem um compromisso fora de casa. O Galo encara no próximo sábado (19) encara o Macaé no estádio Moacyrzão, a partir das 21h.



O jogo 

O CRB começou a partida com uma formação ofensiva, buscando pressionar a equipe do América-MG no início da partida. Com Maxwell e Daniel Cruz na frente sendo auxiliados por Cañete e Clebinho no meio, a equipe tinha mais posse de bola e trabalhava muitos passes no campo de ataque, mas não conseguia romper a retranca do América-MG.



A equipe mineira estava bastante desfalcada e resolveu adotar uma postura mais cautelosa e precavida, tentando se defender bem e sair em contra-ataques rápidos. Entretanto, a marcação sob pressão do CRB evitou que esses contra-ataques tivessem efetividade. Apenas no último lance do primeiro tempo, aos 48 minutos, o América-MG assustou com a cabeçada de Rodrigo Souza.

Já o CRB assustou algumas vezes, mas falhou na finalização. Aos 15 minutos, Bocão chegou ao fundo e cruzou rasteira, mas Daniel Cruz chutou prensado e a bola acabou saindo em tiro de meta. Aos 26, Clebinho arriscou de fora da área, o goleiro João Ricardo deu rebote, mas o atacante Maxwell não conseguiu aproveitar e a a bola acabou saindo em escanteio.

Mas aos 34 minutos do primeiro tempo, o CRB teve a melhor chance de abrir o marcador. Daniel Cruz arrancou, tocou para Clebinho, que devolveu para Cruz que deixou Clebinho na cara do gol. Clebinho invadiu a área, chegou frente a frente com goleiro e chutou, mas João Ricardo fechou bem o ângulo e acabou fazendo grande defesa.



O Galo ainda teve outra chance aos 36, quando após cruzamento de Bocão, um dos destaques da equipe Alvirrubra, Maxwell cabeceou no contrapé do goleiro do América-MG, mas a bola acabou saindo raspando o poste esquerdo da meta do Coelho. O primeiro tempo terminou com o CRB jogando melhor mas sem conseguir finalizar em gol as oportunidades criadas.

O segundo tempo veio e com ele o América-MG voltou melhor em campo. A equipe mineira chegou a assustar em lances de cabeça com Rodrigo Souza e não mais permitia a pressão do CRB. Já o Galo parecia cansado, tanto que Olívio, Maxwell e Cañete tiveram que sair por lesões ou cansaço, dando lugar a Josa, Ricardinho e Danilo Bueno.



A equipe do CRB só conseguiu reequilibrar as ações a partir dos 27 minutos do segundo tempo, quando o volante Rodrigo Souza agrediu Clebinho em um lance fora da disputa da bola e acabou expulso. Ainda assim, o Alvirrubro não conseguia criar muitas chances de gol. Apenas aos 32 o Galo chegou com perigo, com uma cabeçada de Ricardinho na trave. Aos 38 do segundo tempo, Somália recebeu bom passe de Clebinho e tentou encobrir o goleiro João Ricardo de cabeça, mas o goleiro do Coelho acabou se recuperando e defendendo a bola em dois tempos.

A pressão do Galo prosseguia e o América-MG só se defendia, mandando balões para frente de qualquer maneira, esperando o tempo passar. A equipe do CRB insistia em jogadas pelo alto, e Bocão, uma das figuras principais do time em toda a partida, conseguia bons cruzamentos mas que nenhum atacante do Galo aproveitava.

Mas aos 48 do segundo tempo, o lateral-direito Bocão finalmente encontrar um destino correto para um de seus cruzamentos. Em bola jogada no segundo pau, o zagueiro Audálio chegou subindo de cabeça e cabeceou no chão, sem chances para o goleiro João Ricardo. Era o gol que explodiu o Rei Pelé, que recebeu um público pequeno. O árbitro ainda expulsou o volante Leandro guerreiro por reclamação e terminou o jogo que encerrou a série de 4 partidas sem vitória do Galo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA