Image Map
Image Map
Image Map

terça-feira, 22 de setembro de 2015

Após ASA anunciar desistência, CRB diz que também não disputará Copa SP

Após o anúncio da desistência do ASA em participar da Copa São Paulo de Futebol Júnior em 2016, a expectativa passou a girar em torno da possibilidade de o CRB, que, como terceiro colocado no Estadual Sub-20, assumir a vaga deixada pelo clube alvinegro como um dos representantes alagoanos na competição tida como a maior vitrine do futebol de base no país. Entretanto, o Galo não vai marcar presença na disputa prevista para janeiro.

O presidente regatiano Marcos Barbosa havia confirmado, em entrevista à Rádio Gazeta, o convite convite verbal do presidente da Federação Alagoana de Futebol (FAF), Felipe Feijó, adiantando que analisaria as condições financeiras do clube para confirmar ou não a participação do time alvirrubro no certame. 

Contudo, nesta quarta-feira (22), por meio de seu site oficial, o CRB anunciou a desistência, após reunião entre o dirigente regatiano e o presidente da FAF. Com isso, o único time de Alagoas confirmado na competição segue sendo o Desportivo Aliança, vice-campeão alagoano Sub-20. 

"Não iremos porque não conquistamos esta vaga dentro de campo. Seria uma grande honra para o CRB representar o nosso estado em mais uma competição de nível nacional, mas, como clube convidado, decidimos não participar. Agradecemos ao presidente da federação pelo convite", disse Barbosa, por meio de sua assessoria.

A assessoria da FAF confirmou o Desportivo Aliança como representante alagoano na Copa São Paulo de Futebol Júnior. A assessoria também negou que o CRB tenha comunicado oficialmente a decisão de não assumir a vaga que era do ASA, e que a entidade aguardará até a quarta-feira (23) para se pronunciar oficialmente sobre o caso, já que esse é o prazo das inscrições de atletas para a competição nacional.

O ASA, por sua vez, abriu mão da vaga após o presidente alvinegro, Bruno Euclides, reportar-se à dificuldade financeira, inclusive, para quitar a folha do elenco profissional do clube que disputa a Série C. À imprensa, Euclides disse que a falta de apoio do poder público também pesou na decisão.
NM com Gazetaweb.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA