Image Map
Image Map
Image Map

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Messi supera C. Ronaldo e Suárez e torna-se também soberano na Europa

Lionel Messi tem um novo troféu para colocar na prateleira. Único dono de quatro Bolas de Ouro de melhor do mundo, o argentino recebeu pela segunda vez o prêmio entregue pela Uefa de melhor jogador da Europa, resultado das conquistas que acumulou ao longo da temporada 2014/15. Ele derrotou o companheiro de equipe Luis Suárez e o eterno concorrente Cristiano Ronaldo, premiado na mesma cerimônia há um ano. No feminino, a alemã Celia Sasic levou o troféu para casa.

- Muita alegria. Agradecer a todos, sobretudo a meus companheiros. É parte deles também, é uma representação de todo o vestiário - disse o argentino, ainda no palco, bem em frente ao português.

Criado em 2011, o prêmio jamais havia tido um bicampeão. Cristiano Ronaldo tinha essa chance nesta quinta-feira, assim como Messi, vencedor em 2011 - Iniesta venceu em 2012, e Ribéry, no ano seguinte, mas não estavam entre os três finalistas. Coube ao argentino ter a soberania em mais uma disputa individual, o colocando acima de outros nomes da sua geração.

Messi supera Neymar, C. Ronaldo e ganha o prêmio de gol mais bonito da temporada
Defesa de Ter Stegen contra o Bayern de Munique é eleita a melhor da temporada
Os jogadores foram escolhidos em votação entre jornalistas representantes das 54 federações associadas à Uefa. Eles apontaram os cinco melhores de acordo com suas opiniões - o primeiro de cada lista recebia cinco pontos, o segundo, quatro e assim sucessivamente. Os dez nomes mais votados foram depois sujeitos a uma segunda votação, que determinou os três finalistas que restaram até esta quinta-feira.

Neymar foi escolhido entre os dez melhores, mas ficou fora da relação dos três finalistas (o brasileiro terminou em quinto, logo atrás de Buffon). Outro brasileiro participou da escolha, tendo sido escolhido o 28º melhor jogador do Velho Continente na temporada passada. Veja a lista com os 35 escolhidos.

Dia de homenagens para o Barcelona

A mais nova da premiação de Messi foi anunciada nesta quinta-feira em uma cerimônia cheia de luxo no Fórum Grimaldi, em Mônaco, onde também foram conhecidos os grupos da próxima edição da Liga dos Campeões. Além do craque argentino, o Barcelona foi homenageado pela conquista da última edição da Champions e levou dois outros prêmios - um deles destinado justamente ao argentino.

Messi recebeu o troféu de gol mais bonito da temporada, pela pintura que aprontou para cima do Bayern de Munique na semifinal da última edição da Liga dos Campeões, quando deixou Boateng caído no gramado. O goleiro Ter Stegen também superou Buffon e Neuer como dono da defesa mais bonita na temporada, pela intervenção que fez diante do mesmo Bayern em finalização de Lewandowski.

Como homenagem pelo pentacampeonato da Champions na edição passada, o Barcelona levou uma comitiva com cinco atletas que conquistaram a Orelhuda com a camisa catalã: Andrés Iniesta foi o representante do título de 2015, junto a Andoni Zubizarreta (1992), Juliano Belletti (2006), Carles Puyol (2009) e Éric Abidal (2011).


NM com globoesporte.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA