Image Map
Image Map
Image Map

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Demissão? Cristóvão desconversa: 'Não penso nisso. A cobrança é normal'

Cristóvão Borges não pensa em ameaça de perder o emprego
Foto:  André Mourão
Perder um clássico sempre resulta em críticas e pressão. Hostilizado pela torcida, Cristóvão Borges vai ter de conviver com os questionamentos. Após a derrota para o Vasco, nesta quarta-feira, no Maracanã, pela Copa do Brasil, o técnico do Flamengo desconversou sobre uma possível ameaça de perder o emprego. O treinador disse que não pensa no assunto e só em corrigir os erros do time.
"Não penso nisso. Sou voltado o tempo inteiro para o meu trabalho. Minha concentração é para isso, não posso responder isso. Trabalho da melhor maneira possível. Esse tipo de cobrança é normal quando se perde, mas não penso nisso", declarou Cristóvão.
O técnico não se espantou com o fato de o clássico ter sido muito pegado, com pouca qualidade técnica: "Como quase sempre acontece em um Flamengo e Vasco, o jogo é muito disputado, muito marcado, qualidade técnica não é das melhores porque é muito na vontade. Então é um jogo com pouca criação, jogadores de criatividade muito marcados, jogos com muitas erros de passes", analisou Cristóvão.
Com a derrota no jogo de ida, o Flamengo precisa vencer o Vasco por dois gols de diferença, na quarta-feira, para avançar na Copa do Brasil. Se vencer por um, a decisão da vaga será nos pênaltis. Antes do clássico, o Rubro-Negro volta a campo no domingo para enfrentar o São Paulo, às 16h, no Maracanã, pelo Brasileiro.

NM com odia.ig

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA