Image Map
Image Map
Image Map

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Cruzeiro demite Luxemburgo após dez derrotas em menos de três meses


Veja os fracassos de Vanderlei Luxemburgo desde 2005 até hoje20 fotos

19 / 20
2015 - Luxemburgo foi demitido em maio de 2015, após o Flamengo ter o pior começo de Brasileirão na história dos pontos corridos - um empate e duas derrotas nas três primeiras rodadas. A campanha ruim não foi o único motivo: os membros da alta cúpula rubro-negra já mostravam descontentamento com o comportamento do treinador fora de campo, e o desempenho no Carioca, com eliminação na semifinal, também não agradou.Gilvan de Souza/ Flamengo
O técnico Vanderlei Luxemburgo não vai comandar mais o Cruzeiro neste Campeonato Brasileiro. Em reunião nesta tarde de segunda-feira, ficou decidido que o treinador não está mais à frente do clube. Além de Luxa, o diretor de futebol, Isaías Tinoco, também se desligou do clube após pouco mais de um mês no cargo. Nesta quarta-feira, Deivid deverá ser o comandante celeste na partida contra a Ponte Preta, em Campinas. O Cruzeiro ainda estuda a possibilidade de anunciar o novo treinador após o jogo ou nos dias seguintes.
Vitorioso na primeira passagem pelo clube, entre 2002 e 2004, Luxa não conseguiu repetir o bom desempenho da década passada e não durou três meses no cargo. Nesse período foram 19 partidas, entre Copa do Brasil e Brasileirão, e foram dez derrotas. Nos últimos dez compromissos, Luxa alcançou somente uma vitória, despertando a ira da torcida cruzeirense, que passou a questionar suas decisões e pedir por sua saída.
Essa foi a segunda demissão do treinador nesse Brasileiro. Até a terceira rodada, ele estava no Flamengo.
Contratado para substituir o bicampeão Marcelo Oliveira, Luxemburgo chegou no começo de junho e venceu as três primeiras partidas, contra Flamengo, o clássico com o Atlético e o Vasco. A empolgação inicial deu lugar a uma série de frustrações, que começou na derrota para a Chapecoense, no Mineirão, mesmo com quase 40 mil torcedores presentes. A meta inicial era de alcançar uma vaga para a Libertadores. No entanto, os resultados não vieram e os objetivos foram mudando, e hoje o principal foco do clube é em se manter na primeira divisão. O Cruzeiro tem 22 pontos na 16ª colocação, superando o Goiás e Coritiba, na zona de rebaixamento, somente devido ao saldo de gols.
NM com Uol. esportes
Ampliar

Trocas de técnicos durante Brasileirão 201518 fotos

18 / 18
2ª troca do Cruzeiro: Vanderlei Luxemburgo deixa o clube após a 21ª rodada Marcelo Regua/Light Press

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA