Image Map
Image Map
Image Map

quinta-feira, 30 de julho de 2015

Ultraman alagoano, vencedor de várias competições, fará prova na Flórida ano que vem

Sebastião Muniz Falcão é alagoano tem 48 anos e é triatleta. Ele já foi vencedor de várias competições nacionais e internacionais. Muniz é o único Ultraman no estado de Alagoas. No nordeste só tem dois triatletas nesta categoria. Por causa de um acidente cancelou as competições deste ano, más já voltou a treinar para a próxima competição em 2016 na Flórida. 
Muniz Falcão explica que Fabrizio Borsato foi pioneiro na modalidade esportiva no Estado. Foto: Paulo Tourinho
O ultraman conta que passou três meses parado e cancelou todas as competições deste ano: uma em Minas Gerais 285 km e outra em Portugal, onde foi convidado para correr 281 km. A próxima prova que vai participar será a Ultraman da Flórida, ano que vem e diz que já programou as férias do trabalho, para conciliar com a competição.
Para praticar e se dedicar a esta modalidade esportiva é preciso mesmo muita paixão. Sebastião Muniz Falcão coleciona medalhas, troféus  e experiência em seu currículo e pratica um tipo de atividade esportiva que exige treinamento intenso dos atletas. A atividade é uma competição mais pesada que o ironman Triathlo.
Ele  comenta que sempre praticou atividade física desde cedo. “Em 2011, o técnico Fabrizio Borsato me viu na esteira, na academia, e me convidou para fazer uma corrida de cinco quilômetros. Na época até brinquei com ele e disse que não conseguiria”, comenta.
Sebastião Muniz Falcão coleciona medalhas, troféus e experiência em seu currículo e pratica um tipo de atividade esportiva que exige treinamento intenso dos atletas. Fotos: Paulo Tourinho
Sebastião Muniz Falcão disse que antes fazia corrida moderada, tipo leve e nunca tinha se arriscado a fazer algumas atividades mais pesadas. “Eu sempre tive receio, meio que pavor de participar de competição; ainda hoje não gosto”, enfatiza. Segundo ele, quebra um pouco a concentração: “Eu escolho a competição e foco e vou nela, não fico atirando para todo lado fazendo todo tipo de atividade”, explica.
 Muniz Falcão explica que Fabrizio Borsato foi pioneiro na modalidade esportiva no Estado. “Foi ele quem trouxe Ironman Triathlon para Alagoas; eu o considero um dos melhores técnicos do Estado e quiçá do mundo”, destaca, acrescentando que foi Gabriela, sua esposa, quem fez a inscrição sem que ele soubesse e depois o avisou.
Sebastião Muniz Falcão disse que antes fazia corrida moderada, tipo leve e nunca tinha se arriscado a fazer algumas atividades mais pesadas.
“Eu fui lá fazer a corrida de cinco quilômetros e depois fiz outras; logo em seguida falei para o técnico que queria fazer uma prova de Ironman. Eu já conhecia a história dele com essa modalidade, que é uma das modalidades de Triathlon de longa distância, e ele me disse que eu precisava de tempo para treinar essa prova”, destaca.

DESTAQUES

Em Florianópolis, em 2013, o atleta destaca que fez a primeira prova de Ironman  e no mesmo ano participou da segunda prova, em Punta Del Este, no Uruguai. “Foi aí quando comecei a me destacar nas competições: fiz outra prova de Ironman, também em Punta Del Este e consegui primeiro lugar na minha categoria de 45\49 anos e fiquei em quinto lugar geral”, explica.
Enquanto no ironman o atleta nada aproximadamente 3,8 km; percorre 180 km de ciclismo e 42,195 km de corrida, o triatlo ultraman é o triplo da distância. A primeira edição da prova no Brasil, nos moldes do ultraman, aconteceu em 2014, entre Paraty e o Rio de Janeiro. É uma prova de assustar: são dez quilômetros de natação, 421 de ciclismo e 84 de corrida.
“Um amigo meu me informou brincando e eu disse que ia fazer; cheguei para o meu técnico e disse que ia competir e ele me chamou de louco, que eu precisaria de quatro anos para me preparar  e que não tinha condições de me treinar. Eu vim para casa, fiz a inscrição e disse para ele: ‘fiz a inscrição, agora me treine’”, ressalta.

Treino intensivo e férias no trabalho

Com 45 dias para treinar uma atividade que requeria quatro anos, Muniz Falcão conta que nesse tempo teve que tirar férias do trabalho. Servidor da Justiça do Trabalho, ele conta que juntou férias; licença, tudo o que tinha direito, para treinar durante esse tempo.
“Eu estou agora trabalhando em Porto Calvo, estava lotado aqui, antes, por isso que meus treinos têm que ser realizados de manhã, bem cedo, que eu não faço, ou no final do dia ou à noite, que é o que faço”, relata.
Para se adaptar à realidade perigosa das ruas, para os treinos na bike, ele conta que adaptou a bicicleta e colocou um rolo fixo e faz os treinamentos em seu apartamento. “Depois de um acidente com um amigo (Álvaro Vasconcelos) fiquei receoso disso, porque os motoristas não respeitam e Estado não tem estrutura no trânsito: já caí; sofri um acidente no treino, quebrei a clavícula; passei três meses parado”, comenta.
A dificuldade para o patrocínio das competições também são relatadas pelo esportista.
A natação ele conta que treina no mar, com outro colega, ou na piscina. “A parte de musculação e fortalecimento dos músculos eu treino na academia que é minha patrocinadora. Corrida eu treino na esteira, ou na rua: vou até o Mirante da Sereia ou Francês, entre outros trechos, dependendo do percurso que vá fazer”.
É difícil conciliar os horários por conta do trabalho, mas o triatleta observa que quando está perto de uma competição ele tira férias, por conta dos treinos intensivos. Muniz Falcão argumenta que as dificuldades encontradas para que o atleta treine nas ruas são muitas:  sem segurança; sem acostamento e o desrespeito dos motoristas também é grande.
A dificuldade para o patrocínio das competições também são relatadas pelo esportista. “Eu só participo de competições fora do Estado ou no exterior. Infelizmente, aqui não tem incentivo para o atleta e eu me recuso a participar: não tenho apoio nem do Estado e nem do município de Maceió”.
A alimentação de um superatleta tem que ser equilibrada, com acompanhamento de um profissional de nutrição.
A alimentação de um superatleta tem que ser equilibrada, com acompanhamento de um profissional de nutrição. Além do feijão e arroz integral, existem os suplementos, as barras de cereais, entre outros itens, que levam na roupa durante as competições de ciclismo.
 Além da nutricionista Isabela Moura (personal nutry), o atleta comenta que tem dois treinadores: Fabrizio Borsato, treinador de corrida e bike e Roberto Nascimento que faz a parte de natação. Tem um fisioterapeuta Kelly Pacheco e precisa estar com os exames em dia, sabendo como o corpo está preparado.
O atleta conta que tem patrocínio dos suplementos alimentares Mundo Verde e Neo Nutri; Geraldo Freitas; Gustavo Gama; Salão Olga Falcão; Solara (Água Mineral); Masterop (operadora de turismo); Colégio Fantástico e Academia One Fit. 

PROVAS DE TRIATLO

O atleta explica que pode-se classificar as provas de Triatlo de acordo com as distâncias percorridas e com os locais onde as provas são disputadas. As principais são as seguintes: Sprint: 750 metros de natação / 20 km de ciclismo / 5 km de corrida;  Olímpico: 1.5 km de natação / 40 km de ciclismo / 10 km de corrida.
O atleta explica que pode-se classificar as provas de Triatlo de acordo com as distâncias percorridas e com os locais onde as provas são disputadas.
Meio-Ironman ou Ironman 70.3: 1.9 km de natação / 90 km de ciclismo / 21 km de corrida; Ironman: 3.8 km de natação / 180 km de ciclismo / 42 km de corrida; Ultraman: 10 km de natação / 421 km de ciclismo / 84 km de corrida (Esta prova é a única que é feita em três dias).
Existe também uma variante de inverno deste desporto que tem lugar na neve e que geralmente consiste de esqui de cross country, ciclismo de montanha e corrida (nesta ordem). Outras variantes populares são os chamados triatlos de aventura ou off road, segundo o atleta.
O triatletismo consiste de natação, ciclismo de montanha e corrida cross country; o Triatlo Rápido, que consiste em provas mais curtas, totalizando menos de 20 minutos por bateria, em baterias subsequentes com intervalos pré-determinados. (Veja abaixo fotos de competições do Ironman alagoano - Arquivo pessoal)
 



NM com 1momento.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA