Image Map
Image Map
Image Map

quarta-feira, 29 de julho de 2015

Em Goiânia, CRB perde para Atlético-GO e cai 3 posições na tabela da série B


O CRB não conseguiu manter o ritmo e acabou sendo derrotado pelo Atlético-GO na noite desta terça-feira (28) pelo placar de 1x0. O gol foi marcado por Juninho aos 13 minutos do segundo tempo da partida disputada no Estádio Serra Dourada, em Goiânia.

O resultado acabou fazendo com que o Galo caísse três posições na tábua de classificação. Agora o Alvirrubro está na 14ª colocação com os mesmos 18 pontos, e apenas com 3 pontos a mais do primeiro time que está na zona de rebaixamento da competição, o próprio Atlético-GO, que com a vitória chegou aos 15 pontos.

Após a partida, o treinador Mazola Júnior falou sobre a suas impressões sobre o jogo e lamentou o fraco desempenho no segundo tempo do time do CRB:

- No segundo tempo, nós não existimos. Os jogadores sentiram demais o jogo, se pudesse teria feito umas 5 ou 6 substituições. Agora é voltar para casa e trabalhar para corrigir os erros do jogo. Eles tiveram uma chance e mataram a partida.



Agora o Galo volta para Maceió para se preparar para o próximo desafio. No próximo sábado (1), o CRB encara o Paraná Clube, no Estádio Durival Brito, em Curitiba, a partir das 16:30hs, pela 16ª rodada da série B do Campeonato Brasileiro.

O Jogo 

O primeiro tempo começou com o CRB tentando pressionar o adversário na saída de bola e marcando pressão. Entretanto, com o gramado de dimensões grandiosas do Serra Dourada, logo a equipe regatiana abandonou a estratégia inicial e passou a se compactar na defesa e tentar explorar os contra-ataques, principalmente pelo lado direito.

O Atlético-GO não conseguiu desenvolver boas jogadas no início da partida. A marcação do Galo estava bem postada, e a equipe goiana tentou alguns lançamentos longos para Artur e Júnior Viçosa. Mas a principal arma explorada pelo Atlético-GO foi pelo alto. Aos 13 minutos, após boa jogada de Éder, Viçosa cabeceou ao lado direito do gol de Juliano.

O CRB continuava se defendendo bem e saindo na velocidade dos contra ataques, mas não conseguia levar perigo ao gol do rubro negro goiano. Já o Atlético continuava explorando as laterais e acabou tendo sua melhor oportunidade aos 36 minutos, quando Willie fez ótima jogada individual pela direita, invadiu a área, passou por Olívio e chutou sem ângulo para defesa segura de Juliano, que espalmou para escanteio.



Após esse susto, o Galo conseguiu tocar mais a bola e até impor um pouco do seu ritmo de jogo, tanto que aos 43 minutos conseguiu criar a melhor oportunidade de gol da partida. Após bela jogada de Ricardinho pela direita, o atacante estreante chegou ao fundo e tocou no meio para Zé Carlos, mas o centroavante do CRB pegou mal na bola e acabou isolando o que poderia ser o primeiro gol Regatiano na partida. O primeiro tempo terminou com a substituição de Josa por Glaydson Almeida, após uma falta sofrida em uma bola dividida.

No segundo tempo, o CRB começou o jogo mais cauteloso, enquanto o Atlético partiu para cima. Logo aos 7 minutos, Ricardinho sentiu o cansaço devido a falta de ritmo e pediu para ser substituído, dando lugar a Gérson Magrão. O Galo assumiu ainda mais a postura defensiva e acabou atraindo o rival goiano para o seu campo.

A equipe rubro-negra, apesar disso, tinha dificuldades em penetrar a defesa do Galo. As jogadas pelo meio não conseguiam ser efetivas, já que a zaga do Galo estava bem postada. Mas aos 15 minutos, o treinador Gilberto Pereira mudou sua equipe, sacando Willie e colocando o experiente Juninho. No minuto seguinte, a substituição deu resultado: boa jogada de Júnior Viçosa, que chutou forte de fora da área para boa defesa de Juliano. Na sobra, Pedro bambu chutou cruzado em direção na pequena área e Juninho, livre, desviou a bola para o fundo das redes do CRB. Era o gol da tranquilidade do Atlético-GO, que buscava mais o ataque.

A partir daí, o treinador Mazola Júnior tentou dar mais ofensividade ao Galo colocando o garoto Maxwell no lugar de Cañete, que já estava cansado. Entretanto, o CRB insistia muito pelo meio do campo, onde o Atlético tinha mais jogadores. Faltava espaço e o Galo não conseguia os arremates, deixando o goleiro Márcio como mero espectador na segunda etapa.

Enquanto isso, o Atlético ameaçava em contra-ataques, quando aos 43 minutos, Júnior Viçosa recebeu bom passe de Juninho, e dentro da área, tentou o chute. Audálio se esticou e travou no primeiro lance. No rebote, Viçosa tentou de novo, mas Juliano se recuperou e fez defesa espetacular, salvando o que seria o segundo gol dos goianos.

No último minuto, Zé Carlos ainda teve uma boa falta para cobrar, mas pegou muito embaixo da bola e acabou isolando. Fim de papo e mais uma derrota para o Galo da praia na série B.

NM com Gazetaweb.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA