Image Map
Image Map
Image Map

sexta-feira, 24 de julho de 2015

Eleito presidente, Rafael Tenório tem a missão de conduzir CSA por dois anos

O CSA tem um novo presidente. O empresário Rafael Tenório, de 61 anos, foi eleito nesta sexta-feira com 123 dos 138 votos e tem dois anos de mandato a cumprir. Depois de idas e vindas, a chapa "Operação Regaste do Azulão" foi aprovada pela comissão eleitoral e a votação no CT Gustavo Paiva, no Mutange, transcorreu com tranquilidade. O resultado oficial saiu às 21h54. No pleito para presidente do Conselho Deliberativo, Raimundo Tavares, também candidato único, foi eleito com 125 votos.
Um dos cargo mais importantes do clube, a vice presidência de futebol ficará com Carlos Alberto Andrade, que, assim como Rafael, conhece bem os corredores do Mutange. O novo presidente prometeu a formação de um time forte, capaz de dar um calendário cheio para o Azulão na próxima temporada. 
- Nós iremos começar a organizar a parte administrativa do clube, a parte financeira, dinamizar os processos aqui internos e lá para setembro o nosso Departamento de Futebol começará a montar a comissão técnica e o grupo para que em 2016 o CSA possa conseguir o nosso grande sonho, que é o calendário. Agora é pensar grande, com a ajuda da nossa torcida e do nosso conselho, eu acredito que finalmente essa criança nasceu e nós vamos buscar agora fortalecê-la para que realmente seja saudável e nós possamos alcançar tudo aquilo o que se deseja - declarou Tenório, que assume a presidência do Azulão pela segunda vez.
CSA, eleição (Foto: Leonardo Freire)Geraldo Lessa e Rafael Tenório comemoram desfecho da eleição do CSA (Foto: Leonardo Freire/GloboEsporte.com)
O processo político do CSA foi complicado. Tenório chegou a desistir da disputa, alegando estar sendo ofendido por azulinos nas redes sociais, mas foi convencido a lançar candidatura. Sua chapa tem apoio de caciques do Mutange, como Raimundo Tavares e Augusto Farias, eleitos nesta sexta presidente e vice do Conselho Deliberativo.
O adversário de Tenório foi o ex-jogador Catanha, que desistiu da candidatura antes de tentar homologar a chapa. Avisou que não conseguiu reunir todos os nomes exigidos pelo novo estatuto azulino. Nesta sexta, foi ao Mutange no fim da tarde e também votou na eleição.
Segunda-feira, a chapa Operação Resgate do Azulão foi inscrita faltando apenas cinco minutos para o término do prazo. Terça à tarde, a comissão eleitoral, que havia indeferido a chapa na primeira inscrição e remarcado a eleição, enfim deu o aval ao grupo, que também cumpriu as exigências legais e reuniu em pouco mais de uma semana toda a documentação exigida para o pleito. A última assinatura colhida foi a do vice-presidente médico, Rógenes Padilha, no fim da tarde de segunda.
Raimundo Tavares, presidente do conselho do CSA (Foto: Leonardo Freire)Raimundo Tavares é eleito presidente do Conselho Deliberativo do CSA (Foto: Leonardo Freire)

Confira a nova diretoria do CSA
Rafael Tenório - Presidente-executivo

Vice-presidente geral -  Geraldo Lessa
Vice de futebol - Carlos Alberto Andrade

Vice de futebol amador - Raimundo Lessa 

Vice administrativo - José Pereira

Vice financeiro - Marco Túlio


Vice jurídico - Ricardo Omena

Vice de patrimônio - Raniel Holanda

Vice social - Celina Araújo

Vice médico - Rógenes Padilha

Vice de marketing - Manoel Messias
Presidente do Conselho Deliberativo - Raimundo Tavares
Vice-presidente do conselho - Augusto Farias

Nenhum comentário:

Postar um comentário